Em minhas-financas / consumo

Inflação ao consumidor na Argentina acumula alta de 47,6% em 2018

Componentes em que os preços mais aumentaram no país vizinho no mês passado foram comunicação e saúde

Bandeira - Argentina
(Shutterstock)

O índice de preços ao consumidor (IPC) da Argentina avançou 2,6% na passagem de novembro para dezembro e 47,6% no acumulado do ano passado, informou nesta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec).

A projeção de analistas ouvidos pela Trading Economics para a variação mensal era menor, de alta de 3,0%.

Os componentes em que os preços mais aumentaram no país vizinho no mês passado foram comunicação, com 7,7%, e saúde, com 5,2%. Já no ano cheio de 2018, os gastos com transporte foram os que mais encareceram: 66,8%.

Planeje suas finanças: invista. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato