Em minhas-financas / consumo

Preço dos eletrônicos caiu até 10% com a volta da Lei do Bem

A Lei prevê a isenção dos impostos PIS e Cofins para alguns artigos eletrônicos

smartphone
(ThinkStock)

SÃO PAULO – Com a volta da Lei do Bem, o preço dos produtos eletrônicos teve uma queda de quase 10% nos últimos 40 dias, período desde que a lei foi implantada, segundo o portal de comparação de preços Zoom. O preço dos smartphones foi o que mais caiu, com uma redução de 8%; o dos notebooks caiu 7% e dos tablets 6%.

Embora a média de smartphones seja de 8%, modelos como o Samsung Galaxy On 7 8GB e o Asus ZenFone 2 chegaram a apresentar queda de 20% nesse período. Com alguns PCs e notebooks, aconteceu o contrário: o Intel Celeron 4GB HD 500GB teve uma queda de 37% no preço; o All in One da LG, por sua vez, teve o preço reduzido em 18%.

Segundo Thiago Flores, diretor executivo do Zoom, fatores como a alta do dólar, aumento dos juros e inflação também impactaram no preço dos eletrônicos, mas a isenção de impostos beneficia o consumidor. “A tendência é que os valores caiam ainda mais ao longo do mês”, disse.

A Lei do Bem prevê a isenção dos impostos PIS e Cofins para os artigos eletrônicos de empresas associadas à Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), seja em venda direta ou por varejo. A MP que revogava a Lei foi derrubada no dia 28 de abril.

Metodologia
O Zoom acompanhou os preços dos dez produtos mais buscados na categoria smartphones, tablets, notebooks e desktop entre 29 de abril e 7 de junho.

 

Contato