Conteúdo Patrocinado
Oferecido por

Como promover apps de finanças

O mundo está se transformando e se hoje já temos diversos aplicativos de finanças, no futuro teremos serviços financeiros em todos os meios digitais.

arrow_forwardMais sobre
apps de finanças
Aprenda a investir na bolsa

Só não tem mais dor de cabeça para cuidar das finanças os consumidores que já aderiram à tecnologia móvel e utilizam aplicativos criados especialmente para ordem financeira, seja controle de finanças, carteira virtual, transações, compras, empréstimos ou investimentos.

São muitos aplicativos de finanças no mercado e, em um futuro próximo, haverá serviços financeiros incumbidos em quase todos os meios digitais.

Para quem está por trás do negócio, seja uma pequena startup mobile-first ou um banco de escala global, ignorar a demanda dos usuários por aplicativos pode ser um grande erro.

Aprenda a investir na bolsa

É nesse contexto e nesse universo, que a pergunta que não cala para todas as instituições financeiras é “como obter sucesso nesse enorme e novo mercado de apps?” 

Dentro das instituições financeiras, os aplicativos estão ganhando papel central em sua estrutura de vendas e de relacionamento com cliente.

Porque todo consumidor é conectado ao smartphone, e portanto, o contato com ele por esse meio pode ser certeiro.

Mas há dificuldade de alavancar o share do aplicativo dentre os distintos canais de comunicação da instituição, e o desafio vai muito além do que se imagina.

Além de uma tremenda mudança cultural e quebra de paradigmas, as instituições financeiras enfrentam diversos obstáculos no universo dos apps – um dos mais competitivos e transformadores da atualidade.

Não existe milagre ou fórmula mágica para dominar esse setor, tudo é fruto de uma estratégia de marketing bem elaborada, com base na mensuração de dados e análises de KPI’s.

PUBLICIDADE

Por isso, a AppsFlyer, maior plataforma global de mensuração e monitoramento de aplicativos do mundo, traz dicas para quem está enfrentando o desafio do seu aplicativo financeiro. 

Mensuração granular como base para tudo!

Uma verdade absoluta do marketing de aplicativos é que não existem estratégias e processos sem métricas e mensuração.

Não apenas KPI’s básicos, mas métricas granulares que mapeiem todas as etapas do funil de conversão, para fundamentar tanto a aquisição quanto o engajamento do cliente.

Utilizando uma mensuração granular, os profissionais de marketing são capazes de analisar perfil de comportamento e determinar com exatidão o perfil do que procuram e melhorar seu desempenho geral. 

Atribuição Mobile e Marketing Analytics

Atribuição mobile é o santo graal para o marketing de aplicativos.

A atribuição mobile, quando feita por um provedor imparcial e confiável, otimiza o desempenho do seu aplicativo identificando o valor dos canais específicos, redes de anúncios, editores, campanhas e até mesmo diferentes versões de criativos que estão performando melhor em sua campanhas.

Através da Atribuição mobile, é possível identificar por exemplo, o ROI de uma campanha de marketing em diferentes canais de mídia (ad networks) e alocar os recursos para os canais que estão performando melhor, economizando tempo e dinheiro. 

Quer saber mais sobre marketing de aplicativos mobile? acesse o guia Atribuição Mobile e Marketing Analytics para apps de Finanças

Segmentação de audiências para apps de finanças. 

PUBLICIDADE

Após coletar dados sobre as atividades de pré e pós-instalação de seus usuários com atribuição mobile, é importante passar do insight para a ação e preparar segmentos de público-alvo específicos que primeiro definirão seus usuários mais valiosos e, em seguida, servirão de base para aquisições futuras.

A segmentação de usuários é fundamental para a conversão de vendas em produtos financeiros.

Com a segmentação de audiências, é possível levar usuários que estejam altamente engajados com determinados produtos em seu app, direcionando campanhas de marketing de maneira efetiva, e influenciando os usuários a acessar páginas específicas dentro de seu app. 

Proteção contra a fraude. 

A fraude também é uma questão no universo de atribuição mobile.

Nessa disputa concorrida por downloads e cliques, fraudadores buscam para si uma parte dos investimentos cada vez maiores em anúncios mobile, e infelizmente não temos boas notícias para apps de finanças.

Aplicativos de Finanças – com sua escala e alto payout (CPIs altos) – são os mais atingidos.

Segundo um estudo da AppsFlyer, o Brasil é o país com maior número de perdas para fraude de atribuição.

Por isso, é muito importante para quem está na corrida para aquisição ou pela retenção de usuários, que seja possível trabalhar também com plataforma que ofereça proteção contra essa parte mais chata do jogo.

PUBLICIDADE

Para ter um app de serviço financeiro, é preciso arregaçar as mangas e entrar com todas as ferramentas possíveis na corrida pelo download e pela usabilidade dos clientes.

Além dessas dicas, a AppsFlyer lançou um guia de marketing para apps de finanças, clique aqui e saiba mais.

Importante: A publicação acima é um conteúdo patrocinado, sendo que a Infostocks Informações e Sistemas Ltda. (“InfoMoney”) não tem qualquer responsabilidade pelo conteúdo e informações disponibilizadas, não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. O autor ou empresa responsável pelo conteúdo estão indicados na própria publicação.