Recomendação

Citi recomenda venda de ações da Cielo após ver cenário difícil

Equipe diminuiu preço-alvo, por acreditar que panorama operacional e competitivo ficará mais complexo nos próximos dois anos

Por  Tatiana Fernandes Gurjão

SÃO PAULO – O Citi reduziu a classificação das ações da Cielo (CIEL3) de neutra para venda por enxergar panorama árduo que a empresa enfrentará no médio prazo. A equipe reduziu o preço-alvo em 21,34%, de R$ 59,75 para R$ 47,00. O valor representa uma retração de 11,04% em relação ao último fechamento.

“Estamos mais realistas, considerando o quadro mais difícil  em termos do lucro que esperamos para 2013 e 2014”, escreveu o analista Daniel Abut. Segundo ele, o cenário operacional e competitivo mais difícil para a companhia se deve à compra da Redecard (RDCD3) pelo Itaú Unibanco (ITUB4), novos concorrentes  tornando-se mais agressivos.

Abut acrescenta – para corroborar o ambiente complexo – o fato de os bancos estarem encontrando maneiras de transferir ou compensar algumas das pressões sobre a lucratividade que estão enfrentando com relação à emissão de cartões de crédito. 

Depois de registrar um aumento de 28% no LPA (Lucro Por Ação) este ano, o Citi espera que a empresa registre aumentos de apenas 5% no LPA nos próximos dois anos. 

Compartilhe