Em minhas-financas / carros

Novo Porsche elétrico tem recarga mais rápida que carros Tesla

A chegada dos carros elétricos está fazendo até as marcas de mais consagradas repensarem a forma de promover seus veículos, e a Porsche não é exceção

Porsche Taycan
(Reprodução Porsche )

(Bloomberg) - O tempo de aceleração de 0 a 100 km/h é um símbolo daquilo que supostamente importa para quem compra um Porsche. Mas com a previsão de lançamento do Taycan totalmente elétrico neste ano, os executivos da Porsche estão promovendo uma métrica menos empolgante: o tempo de recarga necessário para percorrer 100 km.

A chegada ao mundo dos carros elétricos está fazendo até mesmo as marcas de desempenho mais consagradas repensarem a forma de promover seus veículos, e a Porsche não é exceção.

No pico, o Taycan será capaz de adicionar cerca de 100 quilômetros de recarga em quatro minutos graças a uma bateria de 800 volts capaz de absorver taxas de recarga rápida de até 350 quilowatts. Trata-se de uma recarga mais rápida do que a que os proprietários de automóveis Tesla podem conseguir nas superestações de recarga de 120 quilowatts da empresa, capazes de recarregar em torno de 80% da bateria em cerca de 30 minutos.

“Ao entrar em um carro e acelerar de 0 a 100 km/h em menos de três segundos, você consegue realmente se diferenciar se fizer em 2,8 segundos e o outro for capaz de fazer em 2,7?”, disse Klaus Zellmer, chefe da Porsche Cars North America. “Outros fatores ganharão importância, como o tempo de recarga.”

Isso pode soar como uma blasfêmia para alguns fãs da Porsche. Mas os tempos de recarga serão um argumento fundamental de venda das fabricantes de veículos, que tentam convencer os consumidores a perder o medo de ficar pelo caminho com uma bateria descarregada.

O novo sedã quatro portas da Porsche faz parte de uma série de veículos elétricos de luxo, juntamente com o Audi E-Tron e o Jaguar I-Pace, que busca capturar um pouco dessa mágica da Tesla capaz de desafiar o setor. Os veículos elétricos representaram apenas 1,1% das vendas de carros novos nos EUA no ano passado, segundo a empresa de pesquisa LMC Automotive, e a Tesla respondeu pela maior parte dessas vendas.

A infraestrutura de recarga é um novo benefício para compradores em potencial. Por meio de uma parceria com a Electrify America, a empresa dona de uma rede de recarga que surgiu do escândalo das emissões dos veículos a diesel da Volkswagen, os proprietários do Taycan terão três anos de recargas gratuitas nas estações, que terão no mínimo dois carregadores de 350 quilowatts cada.

Apesar de a Electrify America ter anunciado na sexta-feira que estava desligando seus recarregadores rápidos para investigar um possível problema de segurança relacionado aos cabos refrigerados a líquido de um fornecedor, a Porsche informou em comunicado enviado por e-mail que está confiante de que o problema será resolvido antes do lançamento do Taycan, ainda neste ano.

Invista seu dinheiro para comprar seu carro dos sonhos. Abra sua conta na XP - é de graça. 

Além da rede de 300 estações de recarga rápida para rodovias que estarão instaladas ou em construção em 1 de julho, outras 120 concessionárias da Porsche oferecerão recarga rápida até o começo de 2020.

A Porsche não divulgou os preços do Taycan, mas a empresa claramente mira o Tesla Model S, que custa US$ 94.000. Os veículos da Tesla perderão o acesso a créditos fiscais federais depois deste ano e a Porsche tem um longo caminho a percorrer antes de se preocupar com o limite de 200 mil carros elétricos vendidos que acarreta uma redução do incentivo. A empresa vendeu 57.202 veículos em 2018.

 

Contato