Bolsonaro lança campanha da Semana do Brasil, com descontos no varejo

Mais de 300 empresas adiantaram que pretendem participar da ação

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente Jair Bolsonaro anuncia nesta terça-feira (3), em cerimônia oficial, a chamada Semana do Brasil, nova data no calendário de descontos do varejo brasileiro, que inicia oficialmente nesta sexta-feira (6).

Mais de 300 empresas e grupos adiantaram que irão aderir à nova data comemorativa, que visa estimular o varejo no mês de setembro, que tende a ser mais fraco no consumo pela ausência de datas comemorativas.

Entre as empresas que já anunciaram descontos estão a Via Varejo, que terá remarcações de até 80% em produtos nas Casas Bahia e Ponto Frio, Mobly, Fast Shop e Grupo Pão de Açúcar. O setor hoteleiro também deve apresentar preços especiais para incentivar o turismo.

Aprenda a investir na bolsa

Os Correios lançaram um selo personalizado para a data, que, segundo o governo, também tem objetivo de estimular o patriotismo. A intenção é repetir a ação comemorativa anualmente, sempre em torno da semana de sete de setembro, data da independência do país. 

As promoções “imitam” a semana de quatro de julho nos Estados Unidos, também correspondente à data de independência do país, em que já existe uma tradição de ofertas especiais no varejo anualmente.

Segundo Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria do Governo, a ideia da Semana do Brasil nasceu há dois meses em reunião com empresários do setor, incluindo Flávio Rocha, presidente do conselho de administração da Riachuelo – que também esteve presente na cerimônia. O autor do projeto foi Fábio Wajngarten, secretário de Comunicação do governo. 

Em sua fala, o presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil “vai sair dessa” entrar “no seleto grupo de países do primeiro mundo”. 

Texto em desenvolvimento

PUBLICIDADE