Antes, faça planejamento

Bancos cortam juros de empréstimo pessoal após queda da Selic; veja novos valores

Banco do Brasil, Caixa, Bradesco e Itaú adotaram taxas de juros menores em meio ao novo ciclo de queda

SÃO PAULO – Na última quarta-feira (31), o Comitê de Política Monetária (Copom) cortou a taxa Selic em 0,5 ponto percentual para 6% ao ano, o menor patamar da série histórica. A mensagem do Banco Central é que mais cortes estão a caminho 

Em meio a esse novo ciclo, alguns bancos seguiram a decisão do Copom e anunciaram a diminuição de algumas taxas de juros nas linhas de crédito. No caso do empréstimos (ou crédito) pessoal, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Itaú anunciaram reduções.   

O Banco do Brasil informou a redução da taxa mínima do empréstimo de 2,99% ao s para a partir de 2,95% ao s, que começam a ser válidos na próxima segunda-feira (5). A Caixa reduziu para a partir de 2,29% ao s, ante a mínima de 2,99%. A novidade já está válida para empréstimos.   

PUBLICIDADE

O Itaú, por sua vez, informou que a taxa mínima atual é de a partir de 1,37% ao s, mas o novo valor, que vai incluir a redução, ainda não foi informado. O Bradesco reduziu sua taxa mínima de 0,99% ao s para a partir de 0,95% ao s. O Banco ainda não informou a data na qual o novo valor passa a ser válido.  

O Santander não divulgou nenhuma diminuição e não informou sua taxa mínima.  

O crédito pessoal pode ser uma boa saída para as dívidas planejadas. Nesse caso não há necessidade de oferecer garantias e qualquer um pode tentar um empréstimo pessoal, mas o banco faz uma análise de crédito do cliente antes de concedê-lo (ou seja, vê se ele tem potencial de pagar a dívida que está tomando). Para saber quando usá-lo, clique aqui.

Nesse caso fica o alerta de que é preciso estar com o planejamento financeiro em dia para não se envolver em mais dívidas. 

Ainda, vale lembrar que o Banco Central divulga uma média das taxas de crédito pessoal de todos os bancos. Nesses casos, o valor pode passar dos 20% ao em alguns casos. 

Não quer depender de empréstimos? Organize seu planejamento e invista! Abra uma conta na XP – é de graça. 

PUBLICIDADE

Confira as novas taxas de crédito pessoal: 

Banco  Taxa mínima ao mês  Média ao mês (cálculo do BC)  Cortes após Copom
Caixa  a partir de 2,29% 4,34%   Sim: de 2,99% para a partir de 2,29%  
Banco do Brasil  a partir de 2,95%  3,89%   Sim: de 2,99% para a partir de 2,95% 
Santander  Banco não divulgou  4,47% Não houve
Itaú  A partir 1,37% (valor atual, a nova taxa ainda não foi divulgada)  4,32%  Sim: redução será de 0,5%  
Bradesco  A partir de 0,95%  5,19% Sim: de 0,99% para a partir de 0,95%