Seu bolso

Azul, Gol e Latam aumentam preço da bagagem despachada; veja novos valores

Empresas afirmam que reajuste busca cobrir a alta do querosene de aviação e os custos operacionais

Por  Agência Brasil -

As maiores companhias aéreas do país — Azul, Gol e Latam — aumentaram o preço do transporte das bagagens despachadas.

Na Gol, os novos preços passaram a valer desde esta terça-feira (5). O serviço custa de R$ 95 (1ª bagagem) a R$ 250 (3ª a 5ª), nos voos domésticos; e de R$ 199 a R$ 650, nos voos internacionais. Os preços anteriores eram, respectivamente, de R$ 80 a R$ 250, e de R$ 100 a R$ 650.

“A Gol afirma que o reajuste nos valores para o despacho de bagagens se deve ao atual cenário de aumento de custos na aviação comercial, e ainda como forma de adequação aos valores praticados pelo mercado”, disse, por nota, a empresa.

A Latam elevou o preço para o despacho de bagagens no último dia 14, mas apenas para os voos nacionais. O valor mínimo passou de R$ 65 para R$ 75, e o valor máximo continuou em R$160.

Segundo a Latam, a guerra na Ucrânia impactou diretamente o preço do petróleo e, consequentemente, o preço do querosene da aviação e os custos da empresa. “Esse cenário também impacta em aumento de preços das passagens e serviços adicionais da ordem de 25% a 30%”.

Já a Azul elevou, em 7 de março, o preço da primeira bagagem: o valor mínimo passou de R$ 80 para R$ 90 em trechos domésticos. O preço máximo continua em R$ 250. Nos trechos internacionais, não houve alteração dos preços.

Leia também:
Aéreas já admitem reajuste de até 30% nas passagens devido à guerra na Ucrânia

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

Compartilhe