Em minhas-financas / aposentadoria

Conta simples mostra quanto você precisa juntar para viver de renda

Muitas pessoas não fazem ideia de quanto precisam para se aposentar com qualidade de vida   

Aposentadoria
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Muitas pessoas não fazem ideia de quanto precisam para se aposentar com qualidade de vida. Isto significa que elas não estão preparadas para seu próprio futuro. Mas para alcançar seus sonhos financeiros é preciso saber quanto precisa para chegar lá - afinal, quando você tem em mente quanto é necessário para conquistar seus objetivos, fica muito mais fácil de cumpri-los.  

Se você não sabe como fazer isso, fique tranquilo. Há uma forma de calcular quanto de dinheiro você precisará para desfrutar da sua aposentadoria – sem trabalhar, segundo a assessora de investimentos Fernanda Alves, da Praisce Capital, em entrevista ao InfoMoney.  

O primeiro passo é determinar o valor que você deseja ter de renda mensal para ter uma qualidade de vida sem precisar trabalhar. Você pode definir um valor perto do seu salário atual, por exemplo, ou aumentá-lo. A ideia é que você mantenha seu estilo de vida. Para exemplificar a assessora considerou um valor de R$ 10 mil por mês.

Alves deixa claro que para conseguir atingir seu objetivo é necessário investir. “ A melhor opção pensando a longo prazo é aplicar no Tesouro IPCA+ 2050, um título que paga a inflação do período mais uma taxa de juros definida na hora da compra. É um investimento seguro que garante ganhos reais. Ou seja até 2050 você com certeza consegue ganhar dinheiro e tem previsibilidade de quanto”, explica. Mas é importante lembrar que o vencimento deve ser próximo da sua aposentadoria. Se você quiser se aposentar antes, deve investir em algum título Tesouro IPCA + que tenha outro vencimento.

Na prática, comprar esse título significa emprestar o seu dinheiro para o governo,  que o devolve para você pagando juros. Esse investimento atualmente paga 5% ano ano além da inflação, ou 0,4% ao mês, segundo Alves.

Como calcular?

A assessora sugere fazer uma conta simples: pegar a quantia que você deseja ter no mês, no caso R$ 10 mil e dividi-la por 0,4%, que representa a remuneração de juros mensal, ou seja, o que o governo te paga por emprestar seu dinheiro. O resultado desse cálculo é quanto você precisa ter investido para quando se aposentar viver com a qualidade de vida que tem hoje e não precisar trabalhar. No exemplo, R$ 10 mil / 0,4% (0,004) = R$ 2.500.000.

Ou seja, se você quiser se aposentar e ter uma renda de R$ 10 mil você precisa ter acumulado R$ 2,5 milhões. “Esse é o cálculo para renda vitalícia. Ou seja, quando se aposentar você vai ter R$ 2,5 milhões investidos que vão continuar sendo corrigidos pela inflação. Mas você não vai resgatar esse valor cheio, mas sim o excedente, o juro que o governo paga, que são os R$ 10 mil neste exemplo”, explica. A ideia é viver do excedente do investimento.

Se a pessoa optar por ter uma renda mensal maior que R$ 10 mil é só aplicar o valor na conta: o valor que deseja ter por mês quando se aposentar dividido pelo 0,4% (remuneração do IPCA+2050 atualizada além da correção da inflação) e o resultado é o valor que você precisa ter investido para manter uma boa qualidade de vida sem ter que trabalhar.

Para ficar mais claro: renda desejada dividida pela remuneração mensal do título = quantia necessária para ter essa renda no futuro. O resultado passa a ser seu objetivo financeiro.

Quer investir para conseguir se aposentar sem trabalhar? Abra uma conta na XP.

Mas como juntar esse valor?

Claro que para esse sonho virar realidade é necessário investir para fazer seu dinheiro render mais. Para exemplificar, à pedido do InfoMoney, a assessora fez uma simulação de quanto é necessário guardar por mês para atingir esse valor de R$ 2.500.000 quando se aposentar.

Foram consideradas duas realidades:

  1. a) Pessoa com 25 anos que tem R$ 20 mil guardado e que pretende se aposentar aos 65
  2. Nesse caso, considerando que o jovem aplique os R$ 20 mil hoje, ele deve poupar R$ 1.630 por mês para se aposentar com 65 anos e ter uma renda vitalícia de R$ 10 mil. Considerando o investimento em IPCA+2050.
  1. b) Pessoa com 40 anos que tem R$ 100 mil guardado e que pretende se aposentar aos 65
  2. Já nesta simulação, se a pessoa aos 40 anos investir os R$ 100 mil guardados na aplicação sugeriu pela assessora, ela precisará poupar R$ 3.750 por mês, mais que a metade do valor anterior, para se aposentar aos 65 anos com a renda vitalícia de R$ 10 mil por mês.

"Esses valores não podem ser exatos, pois será sempre difícil prever as taxas de juros das aplicações das próximas décadas. Por isso o tipo de aplicação utilizada no cálculo foi o título Tesouro IPCA +, pois é a única aplicação que pode garantir no momento da aplicação a rentabilidade acima da inflação”, explica a assessora de investimentos. 

Quer começar a investir dinheiro para seu futuro? Abra uma conta na XP. 

 

Contato