Em minhas-financas / aposentadoria

Temer anuncia "minuto da Previdência" em reunião com líderes

Horário nobre da televisão será destinado a esclarecimentos sobre a reforma

Michel Temer
(Bloomberg)

(SÃO PAULO) - O governo vai transmitir vídeo de um minuto entre 20h e 21h com esclarecimentos à população sobre mudanças a serem promovidas na Previdência Social, disse o presidente Michel Temer durante início de reunião com líderes da base do governo no Congresso.

A transmissão será realizada para TV, redes sociais e rádio, segundo a assessoria do Planalto.

Temer e ministros não deram detalhes da proposta de reforma a ser enviada ao Congresso durante o início da reunião, transmitido pelo canal oficial do governo no Facebook. Números para justificar o que chamam de necessidade de aprova-la, porém, foram enumerados por representantes do governo. 

Para Temer, manter a Previdência sustentável induz a uma reforma "indubitavelmente". "Os valores envolvidos são altos e tendem a crescer com o passar do tempo. "Para alguns grupos, o tempo de gozo do benefício é superior ao de contribuição", completou. Isso, segundo ele, torna inadiável a postergação da concessão de benefícios.

De acordo com o ministro da fazenda Henrique Meirelles, hoje em cada 10 pessoas, uma é idosa. Em 2060, uma em cada 6 será idosa: ficará mais difícil pagar a conta dos idosos por meio do nosso sistema previdenciário, que tem base no preceito de que a população economicamente ativa paga os benefícios da população aposentada. Ele disse também que a reforma é essencial para viabilizar a sustentabilidade da PEC do teto dos gastos. 

A ideia é que a proposta comece a ser discutida já em 2016 pela Câmara, disse o ministro-chefe da Casa-civil, Eliseu Padilha, com intenção de que já consiga aprovação no início de 2017. 

Com Bloomberg

 

Contato