Após adiamento

Anatel marca para 4 de novembro leilão 5G, diz ministro

Análise pela Anatel do edital do leilão havia sido adiada em 13 de setembro após pedido de vistas do processo por conselheiro da autarquia

SÃO PAULO (Reuters) – O leilão de frequências para o serviço 5G foi marcado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para 4 de novembro, afirmou nesta sexta-feira o ministro das Comunicações, Fabio Faria.

“Leilão do #5G APROVADO pela Anatel e será realizado no dia 4/nov”, afirmou o ministro em sua conta no Twitter.

A análise pela Anatel do edital do leilão havia sido adiada em 13 de setembro após pedido de vistas do processo por conselheiro da autarquia. Em reunião extraordinária nesta sexta-feira, a agência liberou o andamento do processo, afirmou o ministro.

A expectativa do governo era que o leilão fosse realizado em 14 de outubro, depois do pedido de vistas, a previsão havia se alterado para até 24 de outubro.

Na semana passada, durante evento do setor, Faria afirmou que São Paulo e algumas outras capitais do país terão redes 5G puras funcionando até o final deste ano e que até julho de 2022, todas as capitais terão a tecnologia em funcionamento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A licitação das radiofrequências 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz será a maior oferta de espectro da história da Anatel. O governo federal estima movimentar cerca de 45 bilhões de reais no leilão.

Calcule os custos para ter um carro
Baixe uma planilha gratuita que compara os gastos de um automóvel com outras opções de mobilidade:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.