diz data popular

7 em cada 10 brasileiros da classe média dizem que melhoraram de vida em 2013

Ainda, 88% acreditam que a vida vai melhorar ainda mais no próximo ano

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Um estudo do Data Popular revelou que sete em cada dez pessoas pertencente às classes C, D e E afirmam que a vida melhorou no último ano e que o principal responsável por esta melhora é o próprio esforço.

Cerca de 87% dos entrevistados acreditam que o próprio esforço fez com que sua vida melhorasse. Já 63% acreditam esta melhora se deve à família e outros à fé em sua religião. Cerca de 6% atribuem ao governo o melhor patamar em que vivem atualmente. 

O estudo “Brasil Popular: O Retrato das Classes C, D e E” ainda mostrou que 88% destes brasileiros acreditam que a vida vai melhorar ainda mais no próximo ano.

PUBLICIDADE

Dificuldades
Apesar do otimismo, os brasileiros pertencentes a essas classes afirmaram já ter passado por muitas dificuldades. Mais de 44% deles disseram que já faltou dinheiro para comprar comida em cada em algum momento de suas vidas.

As reclamações também abrangem os serviços públicos. Mesmo que os serviços tenham progredido nos últimos 10 anos (entre 2002 e 2012), eles ainda não chegaram a muitos lares brasileiros. Entre os anos, a água encanada chegou a 93% dos lares das classes C, D e E, ante 86% em 2002. Mesmo assim, cerca de 3,2 milhões domicílios não têm água encanada.

A coleta de lixo foi de 74%, em 2002, para 80% dos lares, em 2012, mas ainda é inacessível a 9,2 milhões de brasileiros. A coleta de esgoto cresceu de 54% para 58% e ainda não chegou a 19,4 milhões de domicílios de pessoas das classes C, D e E.