Seu negócio

437 mil empresários com pedidos de adesão ao Simples esperam regularizar dívidas

Empresários aguardam que Congresso derrube o veto de Bolsonaro ao Refis das médias e pequenas empresas

Por  Estadão Conteúdo -

Dos quase 600 mil empresários que pediram adesão ao Simples Nacional em 2022, 437.477 esperam agora que o Congresso derrube o veto do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), ao Refis das médias e pequenas empresas para entrarem de fato no regime especial de tributação neste ano.

De acordo com a Receita Federal, foram recebidos até esta última segunda-feira (31), um total de 599.876 pedidos de opção pelo Simples, dos quais 133.455 já foram deferidos. Outras 26.539 solicitações foram canceladas e apenas 2.405 empresas tiveram a adesão ao regime indeferida pelo Fisco.

A maioria dos empresários encontra-se em situação “pendente”, justamente aguardando a derrubada do veto presidencial à lei que criou o Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no âmbito do Simples Nacional (Relp).

Leia também: Pequenos negócios têm até 31 de março para pagar dívidas do Simples; veja regras

No dia 21 de janeiro, o Comitê Gestor do Simples Nacional prorrogou o prazo de regularização de dívidas até o dia 31 de março, dando tempo para que esses empresários consigam renegociar seus débitos com o governo por meio do Refis.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe