WorldCom pode demitir até 10 mil funcionários

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A WorldCom, controladora da Embratel, deverá cortar de 10 a 15% de seu quadro de 77 mil funcionários em áreas de crescimento mais lento, como chamadas de longa distância para o consumidor. O corte é parte do processo de implantação de nova estrutura da empresa norte-americana.

A Embratel, sua controlada e que presta serviços de telecomunicações de longa distância no Brasil, incluindo transmissão de voz e dados, anunciou na quarta-feira a desistência de participar das licitações para o SMP. Além das óbvias razões anunciadas, a reestruturação de sua controladora no mercado norte-americano pode ter influenciado a decisão.

As ações da WorldCom eram cotadas a US$ 20,06 na Bolsa de Nova York, em queda de 1,53%, enquanto que as ações prefenciais da Embratel (EBTP4), cotadas a R$ 32,01, caíam 0,28% na Bovespa.

Compartilhe
Mais sobre