Novos mercados

Warner fecha parceria com empresa de blockchain para lançar games play-to-earn

A gigante da música quer usar jogos em blockchain para expandir os fluxos de receita de sua lista de artistas

Por  CoinDesk -

A Warner Music Group anunciou nesta quarta-feira (23) que fez uma parceria com a empresa de games em blockchain Splinterlands para desenvolver jogos play-to-earn (jogue para ganhar) para a sua lista de artistas.

A gigante do entretenimento disse em comunicado divulgado à imprensa que está inicialmente focada na criação de jogos no estilo arcade, compatíveis com dispositivos móveis. Mencionou ainda que o objetivo é gerar uma “adoção ampla” e a “construção de uma comunidade” ao redor dos novos produtos digitais.

“Acho que não podemos subestimar o quão grande é a oportunidade em torno dos jogos play-to-earn”, disse Oana Ruxandra, diretora digital da Warner, no release. “À medida que construímos, desbloquearemos novos fluxos de receita para nossos artistas, solidificando ainda mais a participação dos fãs no valor criado”.

  • Assista: Para onde vai a Solana? Vale a pena comprar? Analista responde no Cripto+

O grupo é proprietário das gravadoras Atlantic, Warner Records, Elektra e Parlophone. A incursão inicial da empresa em criptomoedas ocorreu em janeiro, quando anunciou que estava construindo um parque temático no metaverso The Sandbox (SAND) para sediar shows virtuais para seus artistas.

O produto mais popular da Splinterlands é um jogo de cartas homônimo baseado em blockchain, que a empresa diz ter mais de 1,8 milhão de usuários. O SPS, token nativo do game, registrou alta de 7% desde a divulgação da notícia da parceria com a Warner.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe