Wall Street perde fôlego no fim do dia e fecha sem tendência definida

Novas medidas para operações com cartões de crédito foram estabelecidas; foco para bancos, que pretendem sanar dívidas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após uma abertura de perdas e uma tarde de leve altas, os principais índices em Wall Street perderam forças no fim do dia e encerraram instáveis nesta terça-feira (19), com Dow Jones e S&P 500 no vermelho. Destaque para a divulgação de indicadores econômicos do setor imobiliário piores que os esperados e para as decisões do Senado.

Projeto do Senado que visa proteger os consumidores de taxas elevadas e de penalizações por atrasos nas faturas de cartão de crédito foi aprovado por noventa votos contra cinco. Assim, as ações da Visa e da Mastercard caíram 2,42% e 3,85%, respectivamente.

Também tiveram desempenho ruim os ativos do American Express (-5,13%). Na véspera, a companhia disse que deve cortar quatro mil empregos, o que equivalente a 6% de sua força de trabalho.

Bancos e montadoras

Aprenda a investir na bolsa

Segundo a imprensa internacional, o Federal Reserve está conversando com alguns dos bancos que pretendem sanar suas dívidas decorrentes do auxílio governamental do Tarp (Troubled Asset Relief Program). Goldman Sachs (-1,40%), JPMorgan (-3,89%) e Morgan Stanley (+2,23%) estão entre estas instituições.

Ademais, cada vez mais perto do prazo final estipulado pelo governo, a General Motors anunciou que pretende encerrar a atividade de 40% de suas concessionárias norte-americanas e realizar concessões, pretendendo diminuir suas dívidas. Neste cenário, suas ações tiveram forte alta de 7,63%.

Balanços

Disparada dos ativos da Saks (+17,89%), que reportou perdas trimestrais menos acentuadas que as esperadas e declarou pretender continuar a cortar gastos para compensar o declínio das vendas.

Por outro lado, os papéis da The Home Depot tiveram desvalorização de 5,34%. Apesar do crescimento de 44% no lucro trimestral ante o mesmo período de 2008, as vendas e a receita da companhia declinaram cerca de 10%.

Bolsas instáveis

O índice Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, fechou em leve baixa de 0,34% a 8.475 pontos, acumulando no ano forte baixa de 3,44%.
O S&P 500, que engloba as 500 principais empresas dos EUA, encerrou o pregão em leve desvalorização de 0,17% atingindo 908 pontos e subindo 0,54% no ano.

Por fim, o Nasdaq Composite, que concentra as ações de tecnologia, apresentou alta de 0,13% hoje, chegando a 1.735 pontos e acumulando no ano forte alta de 9,99%.


%Var DiaPontos%Var 30D%Var Ano
Nasdaq+0,131.735+3,67+9,99
S&P 500-0,17908+4,43+0,54
Dow Jones-0,348.475+4,22-3,44

PUBLICIDADE