Vulcabras (VULC3) lucra R$ 83,6 mi no 1º tri, alta anual de 54,8%; empresa pagará dividendos intermediários

Companhia divulgou seus números trimestrais nesta noite de terça-feira (2)

Felipe Moreira

Divulgação Facebook

Publicidade

A Vulcabras (VULC3) registrou lucro líquido societário de R$ 83,6 milhões no primeiro trimestre de 2023 (1T23), montante 54,8% superior ao reportado no mesmo intervalo de 2022, informou a companhia nesta terça-feira (2).

A empresa explica que o resultado foi fruto do “excelente desempenho operacional, captura de sinergias nas despesas e melhor performance na gestão de caixa”.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 116,9 milhões no 1T23, um crescimento de 39,8% em relação ao 1T22.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A margem Ebitda ajustada atingiu 20,5% entre janeiro e março deste ano, alta de 3 pontos percentuais (p.p.) frente a margem registrada em 1T22.

Leia Mais:

A receita líquida somou R$ 571,1 milhões no primeiro trimestre deste ano, crescimento de 19,6% na comparação com igual etapa de 2022.

Continua depois da publicidade

O lucro bruto atingiu a cifra de R$ 225,3 milhões no primeiro trimestre de 2023, um aumento de 34% na comparação com igual etapa de 2022. A margem bruta foi de 39,5% no 1T23, alta de 4,3 p.p. frente a margem do 1T22.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 135,4 milhões no 1T23, um crescimento de 28% em relação ao mesmo período de 2022.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 2,1 milhões no primeiro trimestre de 2023, uma redução de 78,4% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2022.

A Vulcabras investiu R$ 33,4 milhões no 1T23, uma redução de 17,7% em relação ao montante investido um ano antes.

Em 31 de março de 2023, a dívida líquida da companhia era de R$ 90,5 milhões, um recuo de 57,1% na comparação com a mesma etapa de 2022.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 0,2 vez em março/23, queda de 0,1 p.p. em relação ao mesmo período de 2022.

Dividendos intermediários

O Conselho de Administração da Vulcabras aprovou o pagamento aos acionistas de dividendos intermediários com base no saldo de reservas de lucros estatutária apurado em balanço anual referente ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2022, no valor bruto de R$ 0,15 por ação, correspondente ao valor bruto total de R$ 36,8 milhões.

O pagamento dos dividendos terá como beneficiários os acionistas que estiverem inscritos nos registros da Vulcabras na data de 22 de maio de 2023, consideradas as negociações realizadas até esta data, inclusive, e serão pagos em 06 de junho de 2023. As ações de emissão da companhia passarão a ser negociadas ex-proventos a partir de 23 de maio de 2023.