Maior baixa em 15 anos

Ventos contrários fazem Rolls Royce despencar mais de 22% na Bolsa de Londres

O motivo para tanto foi a revisão de baixa para as estimativas de resultados para o próximo ano da montadora após os ventos contrários que ela vem enfrentando

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Um dos grandes destaques de baixa da sessão desta quinta-feira em Londres são as ações da Rolls Royce, que caem 22,35%, a 519 libras, às 10h39 (horário de Brasília), registrando a maior queda dos últimso quinze anos. 

O motivo para tanto foi a revisão de baixa para as estimativas de resultados para o próximo ano da montadora após os ventos contrários que ela vem enfrentando. A companhia informou que os lucros do próximo ano deverão ser inferiores em 650 milhões de libras em relação à estimativa inicial, devido à forte queda da procura por motores para jatos comerciais. Além disso, os lucros antes de impostos deverão ficar abaixo do intervalo estimado anteriormente entre 1,3 bilhão e 1,47 bilhão de libras. Além disso, a companhia pretende rever sua política de dividendos. 

“As perspectivas para 2016 são muito desafiadoras”, afirmou o CEO da Rolls-Royce, Warren East, em comunicado. “A velocidade e a magnitude das mudanças em alguns dos nossos mercados que, historicamente, tiveram um bom desempenho, têm sido significativas, e mostram o quão sensíveis são certas partes do nosso negócio às condições do mercado no curto prazo”.

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir:

[hubspot formid=””]

 

Leia também:

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE