Tempo Real

Vale sobe após cortar dividendos pela metade; JBS cai após venda de ações pelo BNDESPar

Confira os principais destaques de ações da Bovespa nesta terça-feira

Mineração da Vale
Mineração da Vale

10h28: Smiles (SMLE3, R$ 26,63, -5,57%
Na toada das ações da Gol, os papéis de sua controlada Smiles afundam na Bolsa nesta sessão e renovam mínima de abril de 2014. Diante dos problemas enfrentados pela Gol, o mercado teme que os desafios respinguem na sua controlada.  

10h21: Gol (GOLL4, R$ 3,47, -1,98%)
A Gol renova sua mínima histórica nesta sessão. Ontem, a companhia teve sua perspectiva de rating alterada pela Moody’s de positiva para negativa. Segundo a agência, o rating atual reflete a alta exposição da companhia à volatilidade das taxas de câmbio e dos preços dos combustíveis, assim como a recessão no Brasil, desafia na indústria brasileira. “Apesar da queda acentuada dos preços globais do combustível para aviões, de aproximadamente 20% em 2015, os custos mais altos em dólar vão manter a lucratividade e a geração de fluxo de caixa sob pressão, pelo menos até o fim de 2016”, comentou a agência.

Além disso, a companhia disse que a oferta da empresa em agosto recuou 0,3% ante o mesmo mês do ano passado, ao passo que a demanda caiu 2%, resultando em taxa de ocupação de 75,7%, baixa de 1,3 ponto percentual. 

Considerando apenas o mercado doméstico, a Gol viu sua oferta diminuir em 0,6% no mercado doméstico no mês passado, em linha com sua projeção de queda entre 2% e 4% na oferta no segundo semestre. A demanda doméstica reduziu 2,8% no mês, levando a uma taxa de ocupação para 76,1%, representando uma queda de 1,7 ponto percentual quando comparada com agosto de 2014. Já a capacidade internacional aumentou 2,2% e a demanda apresentou evolução de 3,5% no mês, registrando taxa de ocupação de 72,9%, superior a 1 p.p. quando comparado a agosto de 2014. 

No comunicado, a empresa acrescentou que as tarifas médias praticadas em agosto foram superiores ao patamar do segundo trimestre de 2015. Apesar do aumento das tarifas, o cenário macroeconômico segue prejudicando a empresa em relação a demanda e a oferta, que sofre com a alta do dólar, assim como salientado pela Moody’s, em nota sobre o corte de perspectiva. 

10h16: JBS (JBSS3, R$ 16,53, -1,25%)
Após abertura positiva, as ações da JBS perderam força e já caem após notícia de que a BNDESPar, empresa de participações do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), levantou cerca de R$ 1,5 bilhão com a venda de ações da JBS, da qual é um dos maiores acionistas, segundo apurou o Estado. As vendas foram realizadas de forma pulverizada em Bolsa, entre março desde ano e o dia 18 de setembro. Foram vendidas cerca de 100 milhões de ações ordinárias, a um preço médio de R$ 15,00. 

Fontes ouvidas pelo jornal apontaram que o BNDES busca, com esse movimento, reforçar seu caixa, com o objetivo de encorpar a capacidade do banco para desembolsos diante da decisão do governo de extinguir os repasses extraordinários do Tesouro que reforçaram o caixa do banco de fomento em mais de R$ 480 bilhões desde 2008. Além da JBS, o banco vem se desfazendo também das ações das empresas de papel e celulose Suzano (SUZB5) e Fibria (FIBR3), que são exportadoras e também beneficiadas pela valorização do dólar. 

Ainda no radar da empresa, a JBS informou ter concluído a aquisição de 100% de participação que a Marfrig (MRFG3) detinha na Moy Park, unidade europeia de frango e alimentos processados. A operação foi anunciada em junho por aproximadamente R$ 1,5 bilhão. Segundo a JBS, a companhia obteve as aprovações regulatórias necessárias, incluindo da Comissão Europeia, para concluir a transação sem restrições.

10h11: Petrobras (PETR3, R$ 7,80, +1,69%; PETR4)
As ações da Petrobras sobem na esteira dos preços do petróleo no mercado internacional, que avançam quase 2% nesta manhã.

PUBLICIDADE

No radar da estatal, a Petrobras informou que descobriu petróleo leve nos reservatórios do pré-sal no terceiro poço da área de Carcará, na Bacia de Santos. O poço informalmente conhecido como Carcará Noroeste está localizado a 226 km do litoral do Estado de São Paulo. 

10h06: Bancos
As ações dos bancos sobem hoje após forte queda na véspera em dia de correção na Bolsa: Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 26,11, +0,12%), Banco do Brasil (BBAS3, R$ 14,55, +0,41%) e Bradesco (BBDC3, R$ 23,40, +0,69%; BBDC4, R$ 21,20, +0,28%). Além do dia de aversão ao risco, os bancos caíram na véspera após corte nas revisões dos bancos pelo Bank of America Merrill Lynch. 

10h06: Vale (VALE3, R$ 13,37, +1,44%; VALE5, R$ 16,90, +1,87%)
As ações da Vale sobem após empresa informar aos seus acionistas a proposta de reduzir para US$ 500 milhões a 2ª parcela de remuneração aos acionistas. Em relatórios, Itaú BBA e Santander ressaltaram que a notícia é positiva, já que destaca a disciplina de alocação de capital da administração e mostra compromisso da empresa com a desalavancagem. Segundo o Itaú, a aprovação pelo conselho de administração é altamente provável, sendo que os dividendos devem aumentar em 2017.