Radar InfoMoney

Vale deve suspender dividendos em 2016; BB e mais 5 ações têm preço-alvo cortado

Confira os principais destaques corporativos desta quarta-feira

Por  Paula Barra

SÃO PAULO – O noticiário aparece bastante movimentado nesta quarta-feira (25), em meio à notícia de que a Polícia Federal prendeu com a autorização do STF (Supremo Tribunal Federal) o banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual (BBTG11) e um dos acionistas da Sete Brasil, empresa investigada pela Operação Lava Jato e criada para fornecer equipamentos à Petrobras.

Também foram presos hoje o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo no Senado, e seu chefe de gabinete, Diogo Ferreira. 

Vale
A Vale (VALE3; VALE5) deve suspender o pagamento de dividendos em 2016, segundo estimativas do BTG Pactual. O banco atualizou sua curva de produção para a mineradora, enquanto vê menores preços para metais básicos e incertezas dos impactos possíveis causados pela Samarco. Perspectivas que levaram os analistas a cortar o preço-alvo dos ADRs (American Depositary Receipts) da Vale de US$ 6,50 para US$ 4,50, com recomendação neutra. 

CSN 
Da mesma forma, a ação da CSN (CSNA3) teve seu preço-alvo cortado pelo BTG, de R$ 5,00 para R$ 3,00, com recomendação de venda. 

Além disso, a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) publicou resolução em que reconhece a possibilidade de aprovar a transferência de titularidade do contrato de arrendamento do Terminal de Cargas Granéis da CSN, o Tecar, no Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro, para a Congonhas Minérios. 

A transferência faz parte da aliança da CSN com sócios na Namisa, integrantes do Consórcio Asiático, para a reunião de ativos na Congonhas Minérios.

Eletropaulo
Já no setor elétrico, o BTG Pactual citou que a forte queda das ações da Eletropaulo (ELPL4), que acumulam perdas de 60% desde julho, foi exagerada e injustificada e vê espaço para recuperação. Para eles, muito da queda deve-se pelo custo da dívida, principalmente pelo fato da companhia ser uma empresa alavancada, mas que parece exagerada. Eles reiteram compra para as ações da Eletropaulo, enquanto vê que a CPFL Energia, já está bem precificados pelo mercado. O banco reiterou a Equatorial (EQTL3), Energias do Brasil (ENBR3), Eletropaulo e Transmissão Paulista (TRPL4) como suas “top picks” no setor de energia.   

Petrobras
A Petrobras (PETR3; PETR4) pressiona o Planalto por reajuste de combustíveis, segundo informações do jornal O Globo. A ideia, entretanto, não tem aval da equipe econômica. Um dos motivos é que um novo aumento dos combustíveis teria impacto na inflação, que este ano deve fechar em dois dígitos, de 10,33%, segundo última estimativa do relatório Focus, do Banco Central. 

Bancos
O Banco do Brasil (BBAS3) e o Bradesco (BBDC4) criam banco voltado para a população de baixa renda, segundo apurou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. A instituição deve voltar a funcionar no próximo ano e terá na largada R$ 1 bilhão em empréstimos e operações com cartões que virão da financeira Ibi Promotora, controlada pelos dois bancos. 

BB, Banrisul, ABC Brasil e Pine
Após revisar os números do Itaú Unibanco, Bradesco e Santander há algumas semanas, o BTG atualizou suas estimativas para Banco do Brasil, Banrisul (BRSR6), ABC Brasil (ABCB4) e Banco Pine (PINE4), incorporando os números do 3° trimestre e um cenário macroeconômico cada vez mais desafiador. Diante dessa perspectiva, o banco rebaixou o preço-alvo de todos esses bancos, mas manteve suas recomendações. Com o ROE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido) estimado abaixo do custo de capital para 2016 e 2017, os analistas acreditam que os valuations dessas instituições ficarão abaixo de 1 vez o “book value” por mais tempo. O Banrisul e ABC Brasil seguem com recomendação de compra, enquanto BB e Pine se mantêm em neutra.

O novo preço-alvo do BB passou de R$ 28,00 para R$ 21,00 por ação; Banrisul foi de R$ 13,00 para R$ 8,50; ABC Brasil foi de R$ 14,50 para R$ 12,50; e Pine passou de R$ 5,00 para R$ 3,50 por ação.  

BB Seguridade 
A BB Seguridade (BBSE3) nomeou o ministro do Planejamento Nelson Barbosa para membro do conselho de administração. 

Cemig
Está previsto para hoje o julgamento do STJ (Superior Tribunal de Justiça) sobre a prorrogação do contrato de concessão da usina de São Simão, uma das mais importantes para o braço de geração da estatal mineira. Em julho, o tribunal revogou uma liminar que garantia a manutenção da concessão para a Cemig (CMIG4).

Além disso, a companhia convocou assembleia para 29 de dezembro para discutir ultrapassagem de covenants estatutários. 

Cetip
A Cetip (CTIP3) contratou o Morgan Stanley e o Itaú BBA como seus assessores financeiros para avaliar proposta de associação feita pela BM&FBovespa (BVMF3), segundo fontes disseram ao Valor. Os bancos trabalharão nesta semana na avaliação da oferta da bolsa e provavelmente se reunirão na semana que vem com o conselho da Cetip para dar parecer e possíveis sugestões para a negociação. 

Elétricas
O Senado aprovou na noite desta terça-feira a Medida Provisória 688, que autoriza o governo federal a apoiar hidrelétricas após perdas geradas pela seca, e o texto agora segue para sanção presidencial. A MP foi aprovada com 44 votos a favor e 20 contrários sob protestos de senadores da oposição, que avaliam que a medida vai elevar tarifas para consumidores de energia. 

A conversão da MP em lei é considerada crucial por investidores para dar segurança jurídica ao leilão de hidrelétricas existentes agendado para esta quarta-feira, com o qual o governo federal espera arrecadar até R$ 17 bilhões com a cobrança de bônus de outorga junto aos vencedores.

Braskem
A petroquímica Braskem (BRKM5) informou que as atividades operacionais em sua unidade industrial no Polo Petroquímico na região do Grande ABC, em São Paulo, foram retomadas no último domingo, após um incêndio ter paralisado a produção em meados de outubro. O incêndio atingiu a unidade industrial do Polo Petroquímico de Capuava, em Mauá, afetando uma das áreas de produção da unidade de petroquímicos básicos. 

Em comunicado divulgado na noite de terça-feira, a Braskem apenas disse que as atividades foram retomadas, sem informar qual foi a perda na produção com a paralisação da unidade, com capacidade de fabricar 700 mil toneladas por ano de produtos como eteno, benzeno, cumeno, propeno e resíduo aromático.

Prumo
A Prumo (PRML3) concluiu a venda de 20% do terminal petróelo por US$ 200 milhões.

Unidas 
A Unidas (UNID3) aprovou a emissão de R$ 60 milhões em notas comerciais de 15 meses.  

Ampla
A Ampla (CBEE3) convocou debenturistas para assembleia em 10 de dezembro para decidir alteração covenants. 

(Com Reuters)

Compartilhe