Temporada de balanços

Vale, bancos e até Cobrasma: conheça os 20 maiores lucros e prejuízos do 1º tri

Entre as 20 empresas mais lucrativas, o setor bancário é que teve mais representantes; no lado das perdas, small caps dividem espaço com Vale e setor de papel e celulose

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Na última sexta-feira (15) chegou ao fim a temporada de resultados do primeiro trimestre. Com uma queda forte de R$ 18,2 bilhões no lucro total das companhias brasileiras de capital aberto, o setor bancário foi um dos poucos que não teve do que reclamar, ficando com 3 representantes entre os quatro maiores lucros dos três primeiros meses de 2015. Entre eles, destaque para a Petrobras (PETR3; PETR4), que lucrou R$ 5,3 bilhões no período.

A primeira posição ficou com o Banco do Brasil (BBAS3), que registrou um lucro líquido de R$ 5,8 bilhões no primeiro trimestre, seguido pelo Itaú Unibanco (ITUB4), com R$ 5,7 bilhões no mesmo período. Em quarto lugar aparece o Bradesco (BBDC3; BBDC4), que fechou os três primeiros meses do ano com lucro de R$ 4,2 bilhões. Entre as 20 empresas mais lucrativas, o setor bancário é que teve mais representantes com 5 instituições. O setor de Energia Elétrica é o segundo mais representativo com 4 empresas. Confira os 20 maiores lucros da temporada do primeiro trimestre:

Já entre os prejuízos, destaque para a Vale (VALE3; VALE5), que liderou as perdas e pressionou os números gerais das companhias listadas na Bovespa. A mineradora teve prejuízo de R$ 9,53 bilhões no primeiro trimestre, seguida por duas companhias do setor de papel e celulose, com a Suzano (SUZB5) perdendo R$ 762 milhões e a Klabin (KLBN11) registrando prejuízo de R$ 728 milhões. 

Aprenda a investir na bolsa

Confira os 20 maiores prejuízos do primeiro trimestre: