Vale: ações já subiram 37% neste ano, mas investidores não perdem a confiança

Enquete realizada pela InfoMoney mostra investidores otimistas quanto ao futuro e sugere espaço para valorização adicional

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Quem comprou ações da companhia Vale do Rio Doce no início deste ano não tem muito do que reclamar. Desde o primeiro dia útil do ano, os papéis preferenciais classe A da mineradora acumulam valorização de 37%.

No mesmo período, o Ibovespa, principal índice acionário do país, registra ganhos de 18%. Ou seja, em um momento bastante favorável para o mercado brasileiro de renda variável, os papéis da Vale do Rio Doce apresentam alta mais de duas vezes superior à média.

Quando consideramos um intervalo de tempo um pouco mais dilatado, o de 365 dias, a comparação também remete a um resultado interessante: o Ibovespa acumula ganhos de 43% no período, enquanto as ações preferenciais classe A da Vale registram valorização de expressivos 70%.

Mercado otimista

Esse robusto desempenho recente das ações da Vale do Rio Doce pode sugerir potencial de valorização adicional limitado neste ano. No entanto, considerando a percepção de investidores e analistas, esta parece ser uma avaliação equivocada.

Em relação à percepção dos investidores, a análise leva como base o resultado da enquete realizada pela InfoMoney ao longo da última semana. Em resposta à pergunta: “Qual sua expectativa para as ações PNA da Vale no final de 2007?”, a opção “acima dos R$ 90” foi a mais votada por larga margem.

Confirmada esta perspectiva, o potencial de valorização das ações superaria os 22%, considerando o atual preço de cerca de R$ 73,60.

Tal percepção poderia ser considerada demasiadamente otimista. No entanto, quando avaliamos que as alternativas que consideram cotações abaixo do R$ 75 receberam apenas 460 votos, ou 15,13% do total de 3.039 participações, percebemos que, mesmo que a ação não suba muito nos próximos meses, a parcela de quem aposta em desvalorização é reduzida.

Analistas também apresentam projeções favoráveis

Outro ponto relevante é que os investidores não são os únicos a mostrarem otimismo com o desempenho futuro das ações da Vale. Grande parte dos analistas consultados pela InfoMoney também apresenta projeções favoráveis.

Recentemente, Ágora Corretora elevou o preço-alvo para as ações preferenciais classe A da mineradora (VALE5) e acredita agora que os papéis vão fechar o ano na casa dos R$ 94,69, o que corresponde a um upside adicional de aproximadamente 28%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As projeções levam em consideração as recentes aquisições realizadas pela companhia, com destaque para a da canadense Inco, assim como o aumento da demanda por minério de ferro e níquel e o plano de investimentos estimado para 2007, no qual merecem destaque os projetos de expansão da produção de minério de ferro e o projeto de níquel de Onça Puma.

Confira na tabela abaixo os resultados da enquete:

Qual sua expectativa para as ações PNA da Vale no final de 2007?VotosPercentual
Acima de R$ 90,00102133,5%
Entre R$ 85 e R$ 9059219,4%
Entre R$ 80 e R$ 8560419,8%
Entre R$ 75 e R$ 8036211,9%
Entre R$ 70 e R$ 751545,6%
Entre R$ 65 e R$ 70762,5%
Entre R$ 60 e R$ 65391,2%
Entre R$ 55 e R$ 60401,3%
Abaixo de R$ 551514,9%
Total3.039 100%
Compartilhe