Sem atingir objetivos

Vacina da alemã Curevac contra Covid-19 frustra ao registrar apenas 47% de eficácia; ações caem quase 50%

A companhia afirmou na quarta-feira que sua vacina contra a Covid-19 não atendeu ao principal objetivo em testes em estágio avançado

Por  Equipe InfoMoney

Em meio a um dia de quedas para as bolsas europeias em geral, uma ação se destaca nesta quinta-feira (17). Às 8h50 (horário de Brasília), as ações da empresa alemã de biotecnologia CureVac registravam baixa de 48,73%, a 42,11 euros, na bolsa da Alemanha.

A companhia afirmou na quarta-feira que sua vacina contra a Covid-19 não atendeu ao principal objetivo em testes em estágio avançado, levantando dúvidas sobre a potencial entrega de centenas de milhões de doses à União Europeia.

A vacina demonstrou uma eficácia de 47% contra casos da doença em qualquer gravidade, segundo análise provisória do teste clínico em grande escala. O laboratório reconheceu, em nota, que a vacina da CureVac “não atende critérios estatísticos de êxito”, mas mostrou bons níveis de segurança. A análise envolveu cerca de 40 mil participantes na América Latina e na Europa.

O laboratório afirmou que continuará com as pesquisas com a  farmacêutica GSK em busca de uma vacina de segunda geração, a ser introduzida nos esquemas vacinais contra a Covid em 2022.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) sugere piso de 50% de eficácia para que as vacinas contra a Covid-19 sejam adotadas.

A CureVac tinha um acordo para fornecer pelo menos 225 milhões de doses à União Europeia, com possibilidade de mais 180 milhões opcionais.

A vacina da empresa alemã usa a tecnologia do RNA mensageiro (mRNA), uma sequência genética sintética que induz as células a produzirem a proteína “spike”, espécie de coroa de espinhos que o Sars-CoV-2 utiliza para atacar o organismo humano.

As expectativas eram altas para o imunizante: além de usar a mesma técnica que as bem-sucedidas versões da Moderna e da Pfizer/BioNTech, ela teria a vantagem de não precisar de temperaturas muito baixas para refrigeração, tornando-se mais fácil de conservar e armazenar.

(com Reuters e Ansa Brasil)

Analista oferece curso gratuito de como gerar renda extra na Bolsa. Inscreva-se no Desafio dos 5%.

 

Compartilhe