Usiminas: segundo trimestre apresenta cenário favorável para o setor siderúrgico

Cenário positivo é tido como preponderante até o final do terceiro trimestre; no quarto trimestre pode haver ajuste

Por  Camila Schoti -

SÃO PAULO – A Usiminas prevê um cenário favorável para o setor siderúrgico mundial devido à demanda e preços crescentes nos três principais blocos de comércio, informou a empresa juntamente à divulgação de seus resultados nesta manhã.

Segundo a Usiminas, o cenário positivo é tido como preponderante até o final do terceiro trimestre, enquanto que no quarto trimestre um pequeno ajuste ou uma linha de estabilização, de maneira que para o ano não são previstas grandes alterações.

Cenários nos principais blocos

Segundo a empresa, o governo chinês anunciou no início deste mês sua intenção de fechar a produção de aço em aproximadamente 40 milhões de toneladas nos próximos cinco anos, desse montante, 24 milhões já neste ano.

Em resposta às pressões de vários países, como EUA e a União Européia, a China já reduziu os créditos prêmio de suas exportações de produtos acabados, fato que poderá levar a um menor volume de exportação e a maior oferta interna, com pressão sobre os preços de aço internos, completa a Usiminas.

Na Europa, o crescimento econômico da União Européia mantém uma demanda forte e baixos estoques, o que se traduz em continuidade no volume de negócios e na sustentabilidade dos preços. Já nos EUA, as projeções apontam para preços ascendentes em função da força das usinas em repassar aumento de custos.

Compartilhe