Memória

“Uma mente brilhante”, vencedor do Nobel John Nash morre aos 86 anos em acidente de carro

O matemático, cuja história de vida se transformou no filme vencedor do Oscar "Uma Mente Brilhante", morreu quando o táxi em que estava se acidentou em Nova Jersey

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O matemático americano e Nobel de Economia em 1994 John Nash morreu em um acidente de carro neste sábado. 

O matemático, de 86 anos, cuja história de vida se transformou no filme vencedor do Oscar “Uma Mente Brilhante”, morreu quando o táxi em que estava se acidentou em Nova Jersey, de acordo com os relatos. A sua esposa Alicia, de 82 anos, acompanhava-o e também morreu.

O acidente ocorreu em New Jersey Turnpike. O condutor do táxi terá perdido o controle do carro ao tentar fazer uma ultrapassagem. O taxista terá sofrido lesões leves, sendo retirado do veículo e levado para um hospital das redondezas. Um terceiro passageiro foi, também, tratado por lesões no pescoço.

Aprenda a investir na bolsa

Nash ganhou o prêmio Nobel de economia em 1994 por conta de sua pesquisa sobre Teoria dos Jogos e trabalhou como pesquisador sênior de matemática na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos.  

Em 2001, Russell Crowe interpretou Nash no filme “Uma mente brilhante”, que focou nos avanços do estudioso em matemática e sua luta contra a esquizofrenia. O filme ganhou 4 estatuetas no Oscar, em 2002: melhor filme, diretor, melhor atriz coadjuvante e roteiro adaptado.

Russell Crowe, que o interpretou no filme, tuitou: “Atordoado… Meu coração vai para John, Alicia e família. Uma parceria incrível. Mentes brilhantes, corações brilhantes…”

Carreira premiada
No início desta semana, Nash estava na Noruega para receber o prêmio Abel de matemática. O prêmio é oferecido pela Academia Norueguesa de Ciências e Letras, que reconheceu o trabalho de Nash em equações diferenciais parciais.

Antes do Nobel, em 1978, foi atribuído a Nash o Prêmio Teoria John von Neumann, por suas descobertas quanto aos equilíbrios não-cooperativos, agora chamado de Equilíbrio de Nash. Ele também ganhou também o Prêmio Leroy P. Steele em 1999.

Nash criou dois jogos populares: Hex (jogo) (criado independentemente em 1942), e So Long Sucker em 1950, em conjunto com Melvin Hausner e Lloyd Shapley.

PUBLICIDADE