Turquia pede apoio financeiro ao FMI

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

Uma comissão do Fundo Monetário Internacional (FMI) chegou ontem à Turquia para estudar um empréstimo de emergência para o país. Os detalhes podem ser discutidos ainda este ano, no dia 21 de dezembro, data da reunião do conselho do fundo. O sistema financeiro da Turquia vem causando preocupações à comunidade econômica mundial.

O empréstimo que o governo turco solicitará ao fundo está estimado entre US$ 3 e US$ 5 bilhões, e será usado para conter as especulações contra a moeda local. A principal condição para que o FMI libere o empréstimo é o saneamento do sistema financeiro do país, o que inclui venda de instituições estatais e reestruturação das carteiras de crédito dos bancos. O presidente do Banco Central da Turquia, Gazi Ercel, anunciou que o país possui US$ 18,8 bilhões em reservas internacionais, que podem ser utilizados para proteger a moeda caso haja um ataque especulativo contra a lira turca.

O índice da bolsa de Istambul fechou essa segunda-feira em queda de 8,13%. Nas últimas semanas, o índice ISE National-100 já desvalorizou cerca de 40%, afetando mercados financeiros próximos, como a Rússia e a Hungria.

Compartilhe