Transparência

TSE convida União Europeia pela primeira vez para ser observadora das eleições neste ano

Bolsonaro tem questionado a integridade do sistema de votação eletrônica do Brasil e tem feito afirmações infundadas de fraude na disputa de 2018

Por  Reuters -

BRASÍLIA (Reuters) – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disse à Reuters nesta segunda-feira que convidou a União Europeia pela primeira vez para ser uma observadora das eleições deste ano, quando o presidente Jair Bolsonaro buscará a reeleição.

Bolsonaro tem questionado a integridade do sistema de votação eletrônica do Brasil e tem feito afirmações infundadas de fraude na disputa de 2018, despertando preocupações de que possa não aceitar os resultados das eleições de outubro.

Pesquisas de opinião recentes mostram que o presidente está bem atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O vice-presidente da Comissão Europeia, Josep Borrell, que lida com a política externa da União Europeia, respondeu no mês passado agradecendo ao TSE pelo convite, dizendo que precisava consultar os 27 Estados-membros do bloco e o Parlamento Europeu, disse à Reuters uma pessoa com conhecimento do assunto.

Essa fonte e outra, que pediram anonimato para discutir as deliberações diplomáticas, disseram que a UE planeja enviar uma missão ao Brasil em maio para avaliar a viabilidade de ser observadora oficial nas eleições de outubro.

A embaixada da UE em Brasília se recusou a comentar. O Palácio do Planalto não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

O TSE disse à Reuters que outros grupos e instituições internacionais foram convidados a formar missões de observação eleitoral, incluindo a Organização dos Estados Americanos (OEA), o Carter Center, o Parlamento do Mercosul e a Fundação Internacional para Sistemas Eleitorais, com sede em Washington (IFES). O TSE disse que os convites ainda estão sendo negociados.

“A OEA foi convidada antes para observar as eleições de 2018 e 2020. Este ano estamos convidando outras instituições”, disse uma fonte do TSE, sob a condição de anonimato.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe