"Estados Divididos"

Trump é eleito a personalidade do ano pela Time

Menos de um mês após ser eleitor presidente dos Estados Unidos, Trump é escolhido a personalidade do ano.

SÃO PAULO – O presidente-eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, foi escolhido a personalidade do ano pela Revista Time. A homenagem veio com uma alfinetada logo na capa. A foto do republicano é acompanhada da legenda “Presidente dos Estados Divididos da América”. 

O bilionário deixou pra trás a candidata derrotada à Casa Branca, Hillary Clinton, o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e a cantora pop Beyoncé, entre outrosEsta é a 90ª edição do prêmio. Ao justificar a escolha, a revista faz a ressalva que, nos anos anteriores, sempre escolheu pessoas que tiveram grande influência – “para o bem ou para o mal”.

Na reportagem de capa da edição de dezembro, a Time escreve que Trump é visto por muitos intelectuais como um “falastrão vulgar e carnavalesco” e um “homem de negócios com muita aparência e pouca substância”. Segundo a publicação, foi exatamente este tipo de crítica que fortaleceu o bilionário, dando a ele manchetes em jornais que lhe permitiram criar uma conexão com as pessoas comuns.

PUBLICIDADE

“Agora, ele virou do avesso a liderança dos dois principais partidos políticos e alterou efetivamente a direação política da ordem internacional”, descreve a revista. A Time destaca que, em breve, ele comandará o exército mais letal do mundo e instrumentos econômicos capazes de mudar a vida de bilhões de pessoas.

Trump afirma que “a coisa interessante” de toda a situação é a contradição inerente à sua eleição. “O que impressiona muita gente é que eu estou em um apartamento do tipo que ninguém nunca viu e mesmo assim eu represento os trabalhadores do mundo”, disse, sorrindo. “Eu os represento, e eles me amam e eu os amo”, resume Trump, em referência aos moradores dos estados do Wisconsin, Michigan, Ohio e Pennsylvania, que garantiram a sua vitória no mês passado.