Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

Trade: Ibovespa se aproxima de suporte e pode ter repique altista, diz análise técnica

Bolsa passa por movimento de correção, com base nos gráficos, recuando 5,6% em janeiro

Rodrigo Petry

Publicidade

O Ibovespa segue seu movimento de derrotas em 2024, acumulando queda de 5,65% neste ano, após ceder 0,81%, na véspera, indo aos 126.602 pontos, com preocupações fiscais no radar. 

Assim, o Ibovespa se aproxima de seu ponto de suporte inicial – faixa de preços que tende a atrair a compradores – na região dos 125,5 mil pontos, o que pode trazer um “repique altista” de curto prazo. 

Segundo o analista técnico Rodrigo Paz, no gráfico diário, de curto prazo, que segue logo abaixo, já é possível notar “as médias móveis curtas cruzadas para baixo, formando movimento descendente.” 

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Atualmente, o índice está acima do suporte na faixa dos 125.560 pontos, região onde pode haver repique a fim de buscar região de médias curtas”, aponta.

“Caso haja tal movimento o objetivo será nas médias, na faixa de 128.875/ 131.125 pontos, com alvo mais longo no topo histórico, na faixa de 134.390 pontos.” 

Entretanto, caso rompa a faixa de suporte, o Ibovespa tende a intensificar as vendas, e podendo buscar faixas, inicialmente, nos 123.000 pontos, com alvo mais longo na região de 117.600/ 115.600 pontos, com suporte mais longo na faixa dos 111.600 pontos

Gráfico diário Ibovespa. Fonte: Nelogica. Elaboração: Rodrigo Paz

Confuso sobre o que é suporte e o que é resistência? Confira nosso guia sobre análise técnica

Análise técnica: médio prazo

Em relação ao médio prazo, com base no gráfico semanal, logo abaixo, a tendência é de alta. No entanto, caso o Ibovespa feche essa semana em baixa irá confirmar uma sequência de quatro quedas consecutivas. 

“Atualmente, o índice se segura na faixa de suporte dos 125.875 pontos, região de 61,8% de Fibonacci, caso perca esta faixa de preços poderá intensificar movimento de venda a fim de buscar a faixa de 123.240/ 123.000 pontos.” 

Paz chama a atenção, em relação em caso de um possível movimento de venda, pois há uma linha de tendência de alta (LTA). Logo, se perder e romper a faixa dos 120.600 pontos, abre-se espaço para o Ibovespa buscar a faixa de 112.000 pontos

Por outro lado, caso o IBOV se segure nesta faixa e entre força compradora, o objetivo inicial será na faixa de 130.000/ 131.000 pontos, com alvo mais longo no topo histórico na faixa de 134.390 pontos

“É importante mencionar que o rompimento do topo histórico pode dar mais fôlego comprador para continuidade”, acrescenta.

Gráfico semanal Ibovespa. Fonte: Nelogica. Elaboração: Rodrigo Paz

Ibovespa: longo prazo

Por fim, indo para o longo prazo, com base na análise técnica, a tendência do Ibovespa é de alta, sobretudo após atingir sua máxima histórica, na faixa de 134.390 pontos, no último mês de dezembro.

“Podemos notar a partir do gráfico mensal (que segue logo abaixo) a forte alta recente. Agora, de certa forma, está se confirmando, em janeiro, um movimento que já era esperado de correção gráfica, com sinal de realização”, afirma.

Paz acrescenta qe, neste momento, é preciso se atentar à mínima registrada em dezembro de 2023, na faixa de 125.560 pontos. Caso seja rompida, o índice tende a buscar regiões mais baixas, na faixa de 123.000/ 121.200, com alvo mais longo na faixa de 113.200/ 111.600 pontos

No sentido inverso, com a volta de um movimento altista, pelo gráfico mensal, a Bolsa pode buscar a faixa de resistência nos 131.160, com alvo mais longo no topo histórico, na faixa de 134.390 pontos.

Gráfico mensal Ibovespa. Fonte: Nelogica. Elaboração: Rodrigo Paz

Suporte e resistência

Conforme Paz, o Índice de Força Relativa (IFR) diário do Ibovespa encontra-se neutro.

Os suportes estão em 125.560 (1), 123.000 (2) e 117.600 (3); e resistências em 128.875 (1), 131.125 (2) e 134.390 (3).