Não fique fora dessa!

Torneio de trades que dará “prêmio” de R$ 300 mil chega na última semana de inscrição

Campeonato trimestral começa na segunda-feira que vem e inscrições vão até esta sexta-feira; veja como participar

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O 1º torneio trimestral de traders, lançado pela Auctus Capital em parceria com o Meivox e que terá início na próxima segunda-feira (17), já superou os 300 inscritos. Se você ainda não se inscreveu, então se apresse, pois as inscrições vão até esta sexta-feira (15).

O torneio terá duração até 15 de fevereiro de 2015 e dará ao primeiro colocado um limite de R$ 300 mil para operar junto com todos os profissionais da Auctus Capital, sendo que você ficará com 50% do lucro que obter nas operações. O 2º e o 3º lugar também poderão operar dentro da gestora, com limites de R$ 200 mil e R$ 100 mil, respectivamente, e também ficando com metade dos lucros obtidos no mercado.

Para se inscrever, basta realizar os seguintes passos:

  1. Acesse o link: www.meivox.infomoney.com.br/desafios/7-1º-torneio-trimestral-auctus);
  2. Clique no botão “Entre na Meivox”;
  3. Faça seu login InfoMoney ou conecte-se via redes sociais;
  4. Clique em “Finalize sua inscrição”;
  5. Preencha seus dados na Auctus;
  6. Finalize sua compra e boa sorte!

Atenção: se você já está inscrito no desafio mas ainda não finalizou, conclua sua inscrição agora no link: www.auctuseducation.com.br/comprar.php?t=11

O que é a Auctus?
A Auctus Capital é a primeira prop trading criada no Brasil, tendo chegado aqui em 2013. O modelo de PPTs, no entanto, é bastante disseminado em outros países. O propósito destas empresas basicamente é montar uma equipe de operadores para investir o próprio capital, com os “alunos” com melhores resultados tendo cada vez mais dinheiro para operar. A vantagem para os operadores é que o dinheiro utilizado vem da própria prop trading – ou seja, eles não correm risco de perda, já que todo o risco da operação fica na PPT. Por outro lado, o lucro das operações é dividido entre o investidor e a empresa, em um percentual definido por ela.