Agrogalaxy (AGXY3) e Triunfo (TPIS3) aprovam pagamento de dividendos; confira os valores

Companhias anunciam pagamentos de proventos

Felipe Moreira

Publicidade

Correção: ao contrário do divulgado anteriormente, a Suzano Holding foi a empresa que anunciou o pagamento de proventos. A matéria foi corrigida.

O Conselho de Administração da Suzano Holding (NEMO3), controladora das empresas do Grupo Suzano, aprovou a distribuição de dividendos intermediários no valor total de R$ 30 milhões, correspondendo a R$ 0,082094339 por ação ordinária e R$ 0,090303773 por ação preferencial classe A e B.

Os proventos serão distribuídos “ad referendum” da Assembleia Geral Ordinária que aprovar as contas do exercício social findo em 31 de dezembro de 2023.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Terão como base de cálculo a posição acionária da Suzano nesta terça-feira (5), sendo que, a partir de 6 de dezembro 2023, as ações da companhia serão negociadas “ex-direitos”.

Os dividendos deverão ser pagos no dia 14 de dezembro 2023.

Agrogalaxy (AGXY3)

O Agrogalaxy (AGXY3) comunicou que o pagamento de dividendos aprovados na Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária realizada em 28 de abril deste ano, no valor bruto de R$ 6.639.794,91, equivalente a R$ 0,039657303 por ação, será realizado a partir de 29 de dezembro de 2023.

Continua depois da publicidade

Farão jus ao recebimento dos dividendos os acionistas constantes da posição acionária da companhia em 28 de abril de 2023.

Triunfo (TPIS3)

A Triunfo (TPIS3) informou que o pagamento de dividendos no valor de R$ 7,96 milhões ou R$0,0458966269653469 por ação, relativos ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2022, aprovado na Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária realizada em 27 de abril de 2023, será efetuado no próximo dia 15 de dezembro de 2023.

Os dividendos têm como base a posição acionária de 27 de abril de 2023.