Supersimples: 1,373 milhão de MPEs migraram para o novo sistema

Além das empresas que migraram automaticamente, 36 mil empresas aderiram ao novo Simples

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Até a tarde da última segunda-feira (02), 1,373 milhão de micro e pequenas empresas já estavam no Simples Nacional (Supersimples). A informação é do presidente do Comitê Gestor do Simples Nacional, Silas Santiago.

O novo regime tributário teve início no dia 1º de julho e as adesões começaram na segunda-feira pelo Portal do Simples Nacional, acessado pelo site da Receita Federal do Brasil.

Migração

Segundo Santiago, dos cerca de 2,6 milhões de empresas que estavam no antigo Simples Federal, 1,337 milhão migraram automaticamente. Cerca de 1,2 milhão de empresas ficaram fora, por vedações ou pendências com débitos tributários.

Além das empresas que migraram automaticamente, 36 mil empresas aderiram ao novo Simples.

A empresa que não migrou automaticamente, dependendo do caso, ainda pode entrar no novo regime tributário. Se o caso for pendência tributária, o empresário pode optar pelo parcelamento das dívidas para regularizar a situação.

Se empresa foi vetada do novo sistema, o empresário precisa verificar se está no grupo de atividades ambíguas (as que abrangem, ao mesmo tempo, atividades que podem e que não podem optar pelo regime). Nesse caso, o empresário precisa declarar que exerce só a atividade permitida.

Compartilhe