Mercado competitivo

Starbucks demite 5% dos funcionários de áreas administrativas

As áreas afetadas são: marketing, criação, produção, tecnologia e desenvolvimento de lojas, os funcionários de loja não serão demitidos

SÃO PAULO – A rede americana de cafeterias Starbucks anunciou na última terça-feira (13) corte de cerca de 5% de sua força global de trabalho nas áreas administrativas.

A alta competitividade do mercado estaria tornando mais difícil para a empresa atrair e manter consumidores em suas lojas. Assim, na tentativa de elevar os lucros e acalmar investidores, a rede planeja demitir 350 funcionários, a maioria da sede em Seattle.

Em comunicado oficial, Kevin Johnson, presidente da companhia, informou que as áreas afetadas são: marketing, criação, produção, tecnologia e desenvolvimento de lojas. Nenhum funcionário de loja foi demitido. 

PUBLICIDADE

A Starbucks também está mudando de estratégia no exterior. Em outubro, anunciou redução de ações corporativas europeias e transferência de ativos para a Alsea SAB, uma rede mexicana de multimarcas de restaurantes

A empresa sofre cada vez mais pressão do mercado doméstico para mostrar que ainda tem potencial de crescimento. Após anúncio, as ações da Starbucks amanheceram a US$ 67,38, com rendimento de 2,12%.

Quer investir nestas ações e juntar mais dinheiro? Abra uma conta na XP!