Problemas

Stablecoin USDN perde paridade com dólar e desaba 15% em meio a acusações de manipulação

Usuários acusam a Waves, blockchain por trás da cripto, de golpe; CEO do projeto nega e cita campanha “hostil” contra o projeto

Por  CoinDesk -

O Neutrino ([ativo=USDN]), stablecoin algorítmica do ecossistema Waves (WAVES), perdeu sua indexação ao dólar americano. Isso ocorreu porque a WAVES – cripto que deve ser bloqueada para que o USDN seja gerado – caiu dois dígitos.

O USDN, que deveria manter uma proporção de 1:1 com o dólar, despencou mais de 15% nas últimas 24 horas, sendo negociado a US$ 0,83 na manhã desta segunda-feira (4), de acordo com o provedor de dados de criptomoedas Messari.

“A paridade do USDN começou a oscilar em 31 de março e… caiu quase 20% a partir de hoje, eliminando US$ 200 milhões no processo”, disse o especialista de mercado Duo Nine (pseudônimo) ao CoinDesk. “Considerando que a oferta circulante total de tokens USDN é de 1 bilhão, isso (o 1 USDN avaliado em cerca de US$ 0,80) é um grande golpe para os detentores de USDN”.

A WAVES, uma criptomoeda inflacionária oferecida como recompensa por blocos de mineração na blockchain descentralizada e de código aberto Waves, caiu 15%, para US$ 42.

Os usuários precisam bloquear WAVES nos contratos inteligentes do Neutrino para cunhar USDN, enquanto os resgates de USDN têm o efeito oposto de destruir a stablecoin para desbloquear o suprimento de WAVES.

Na semana passada, vários usuários do Twitter acusaram a equipe da Waves de manipular o preço de seu token nativo por meio de sua plataforma de empréstimos de finanças descentralizadas (DeFi) Vires.finance. A WAVES subiu mais de 200% em março, tornando-se uma das moedas de melhor desempenho, com um valor de mercado de US$ 1 bilhão.

  • Assista: Para onde vai o Bitcoin após bater máxima do ano? Analistas explicam movimento e fazem projeções

O CEO da Waves, Sasha Ivanov, rejeitou as alegações, acusando a Alameda Research, uma empresa de trading quantitativo de ativos digitais, de manipular os preços da cripto e realizar uma campanha de mídia hostil para desencadear pânico e venda maciça. A Alameda foi fundada por Sam Bankman-Fried, CEO da exchange de criptomoedas FTX.

No domingo (3), Ivanov apresentou uma nova proposta de governança, supostamente para manter as atividades especulativas afastadas. “Para evitar a manipulação de preços e proteger o ecossistema, proponho reduzir temporariamente o limite de liquidação para empréstimos de WAVES e USDN para 0,1%. Além disso, proponho limitar a taxa máxima de empréstimo (taxa anual) a 40%”.

No Twitter, players do mercado estão em pé de guerra contra a proposta, chamando-a de uma tentativa de subverter o sistema em favor de insiders e um “rug pull” (puxada de tapete) para todos que usaram a plataforma de boa fé. Rug pull é um golpe conhecido no mercado cripto, em que os criadores de determinada moeda estimulam outras pessoas a comprarem e depois desaparecem com os valores dos usuários.

Enquanto isso, a Vires.finance está perdendo liquidez em meio à controvérsia. De acordo com a ferramenta de análise Defi Llama, o valor total bloqueado na plataforma DeFi caiu de US$ 1,26 bilhão para US$ 945 milhões em três dias.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe