S&P 500 atinge novo pico recorde com balanços e perspectivas para juros em destaque

A Ford Motor saltava 4,5%, para uma máxima de seis meses, empurrando o setor de bens de consumo discricionários para o topo dos 11 setores do S&P 500

Reuters

Publicidade

(Reuters) – Wall Street avançava nesta quarta-feira, com o índice de referência S&P 500 atingindo um novo pico recorde, conforme investidores avaliavam balanços corporativos e monitoravam pistas sobre as perspectivas de corte na taxa de juros dos Estados Unidos.

A Ford Motor saltava 4,5%, para uma máxima de seis meses, empurrando o setor de bens de consumo discricionários para o topo dos 11 setores do S&P 500, já que a montadora aumentou os dividendos do primeiro trimestre e planeja reduzir os investimentos em nova capacidade para veículos elétricos, setor deficitário. A General Motors tinha alta 1,7%.

Enquanto isso, a Snap despencava 32%, atingindo a mínima de dois meses, após sua receita trimestral ficar abaixo das expectativas já que a proprietária do Snapchat teve dificuldades para competir por dólares de publicidade contra pesos pesados.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Até o momento, os balanços foram um pouco melhores do que o esperado. Não é excelente, mas certamente é melhor do que os números negativos que as pessoas esperavam”, disse Robert Pavlik, gerente sênior de portfólio da Dakota Wealth.

Com mais da metade das empresas do S&P 500 tendo divulgado seus lucros, 81,2% superaram as expectativas, de acordo com dados da LSEG de terça-feira. No geral, os balanços das empresas do S&P 500 no quarto trimestre devem ter aumentado 8,1% em relação ao trimestre do ano anterior.

O índice de referência S&P 500 atingiu mais um recorde histórico, ampliando os ganhos alimentados por balanços resilientes e otimismo em relação aos cortes na taxa de juros este ano.

Continua depois da publicidade

Com o chair do Fed Jerome Powell descartando uma redução em março, os investidores estão aguardando novas pistas das autoridades sobre o momento do afrouxamento monetário.

Às 12:30 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,49%, a 38.710,07 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,57%, a 4.982,50 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,66%, a 15.712,65 pontos.