Recomendações

SLW foca em ações que fujam da volatilidade causada pela eleição dos EUA

Corretora opta por papéis voltados para a demanda doméstica; V-Agro é a única exceção do portfolio semanal

SÃO PAULO – Em função da eleição presidencial dos Estados Unidos, a corretora SLW aposta em ações que escapem da volatilidade que o evento deve causar em sua carteira semanal. Com exceção dos papéis da Vanguarda Agro (VAGR3), todas as outras ações têm como foco o mercado doméstico.

Além da escolha do presidente norte-americano, a corretora acrescenta que a semana tem agenda cheia, com divulgação de indicadores econômicos importante, com destaque para dados de atividade na China, continuidade do reporte da safra de balanços e dúvidas sobre a capacidade do governo grego em aprovar novas medidas de austeridade.

Em relação à Vanguarda, a corretora acredita que o atual período de seca nos EUA e os consequentes prejuízos na produção daquele país, ela seja uma das grandes beneficiadas pela forte alta no preço de milho e soja, que deve impulsionar seus resultados.

A SLW prevê que a Ambev deverá recuperar parte do market share perdido no trimestre passado, com a redução dos preços, em função do adiamento do aumento nos impostos. “Além disso, consideramos a ação da Ambev é uma opção mais segura para esta semana, que pode ser volátil em função da eleição nos EUA”, acrescentou a equipe.

Sobre a Cetip, a corretora acredita que as ações passaram significativa nos últimos 30 dias. “Provavelmente a troca de alguma posição mais significativa na ação que gerou pressão nos preços. Desta forma, aguardando numa recuperação rápida estamos incluindo em nossa carteira recomenda desta semana”, avaliam a SLW.

De acordo com a corretora, os ativos do Grupo Pão de Açúcar são uma boa opção de investimento neste cenário de maior volatilidade. Os analistas adicionam que a companhia tem boa perspectiva de crescimento, que se baseia na abertura de novas lojas e na ampliação das vendas do braço de comércio eletrônico, a Novapontocom.

Por fim, para Marcopolo, a equipe da SLW analisa que este ano foi desafiador por conta do agravamento da crise externa. O próximo ano, contudo, deverá ser mais favorável para o setor, e o investidor deve se antecipar a isso. Eles acrescentam que o preço de suas ações ainda se mostra convidativo para posicionamento a curto prazo.

Confira a carteira recomendada pela SLW para esta semana:

EmpresaCódigo Preço-justo*  Upside** 
V-AgroVGAR3 R$ 0,53+51,43%
AmbevAMBV4R$ 84,85+1,52%
Pão de AçúcarPCAR4R$ 98,17+6,59%
CetipCTIP3R$ 33,12+42,08%
Marcopolo POMO4R$ 12,64+10,85%
* Preço projetado para os próximos 12 meses
** Potencial de valorização em relação ao fechamento de 5 de novembro