Bolsas mundiais

Shangai ignora risco grego e sobe 5,55%; Europa espera acordo de última hora

As bolsas chinesas avançaram nesta terça-feira depois que a bolsa na China quebrou a sequência de três dias de fortes perdas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Enquanto o dia é de alta nas bolsas asiáticas, as bolsas europeias têm um dia de leve queda, à espera de um acordo na Grécia. 

As bolsas chinesas avançaram nesta terça-feira depois que a bolsa na China quebrou a sequência de três dias de fortes perdas, com os investidores aguardando com nervosismo os próximos acontecimentos na crise da zona do euro. Por outro lado, o índice Shangai sobe 5,55%, “ignorando” os riscos gregos, enquanto o Hang Seng subiu 1,09%. 

“Ainda há incerteza demais nos mercados e investidores estarão observando os acontecimentos na Grécia e na China muito cuidadosamente antes de entrarem”, disse a sócia do grupo sueco East Capital em Hong Kong Karine Hirn.

Aprenda a investir na bolsa

“As autoridades chinesas não iriam querer causar um derretimento que poderia assustar investidores e podemos ver mais medidas para estabilizar o mercado a caminho”, afirmou.

A volatilidade no mercado acionário da China nos últimos dias tem causado ondas pela Ásia, pressionando os mercados acionários desde Mumbai até a Austrália. 

Conversas de última hora
Enquanto isso, na Europa, o dia é de leves quedas, com o DAX caindo 0,43%, o FTSE caindo 0,61% e o CAC 40 tem baixa de 0,36%. Os contatos de última hora estão sendo realizados entre Atenas e Bruxelas nesta terça-feira para tentar alcançar um acordo sobre os termos do resgate para a Grécia, afirmou uma autoridade do país, poucas horas antes de o pacote expirar. “Existem iniciativas”, disse a autoridade, sem dar mais detalhes.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, fez uma oferta de última hora a Atenas para um acordo com o objetivo de conter a crescente crise que ameaça o futuro da Grécia no euro, mas até agora não houve resposta oficial do governo.

(Com Reuters)