Setor público registra superávit acima da meta do FMI em 2000

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

O Banco Central divulgou hoje os resultados fiscais de 2000, mostrando superávit de R$ 38,2 bilhões nas contas públicas, equivalente a 3,6% do PIB, e superando em R$ 1,4 bilhão a meta estabelecida pelo FMI para o ano passado. Do resultado superavitário total, R$ 30,6 bilhões foram registrados pelo Governo Central, que inclui Banco Central, Governo Federal, Previdência Social e empresas estatais federais, e os R$ 7,6 bilhões restantes referiram-se aos governos regionais e suas empresas estatais.
Em 2000, os juros apropriados somaram R$ 87,4 bilhões (8,1% do PIB), contra R$ 127,2 bilhões apresentados em 1999. Ao final de 2000, a dívida líquida do setor público totalizou R$ 563,2 bilhões, equivalente a 49,5% do PIB, enquanto em 1999, a dívida alcançou R$ 516,6 bilhões, valor que equivale a 49,4% do PIB brasileiro.

Compartilhe