Dados da educacional

Ser Educacional (SEER3) lucra 97,1% a menos no 4º trimestre de 2021, a R$ 3,4 milhões

O Ebitda ajustado cresceu 11,6% no último trimestre do ano passado, totalizando R$ 84,4 milhões.

Por  Felipe Moreira -

A Ser Educacional (SEER3) registrou lucro líquido de R$ 3,4 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa uma redução de 97,1% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

A companhia registrou um lucro líquido ajustado, que ajusta o resultado pelos efeitos não-recorrentes, de R$ 30,8 milhões no 4T21, 5,5% inferior ao lucro líquido ajustado de R$ 32,5 milhões registrado no 4T20.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 11,6% no último trimestre do ano passado, totalizando R$ 84,4 milhões.

Segundo a companhia, o aumento do Ebitda ajustado foi decorrentedo efeito combinado da normalização das atividades da companhia, do avanço da vacinação que, aliado aos esforços comerciais, proporcionou a retomada do crescimento da captação, aumento da base de alunos e redução da evasão comparado ao 4T20. Além disso, houve incorporação das aquisições, ainda em fase inicial de ganho de sinergias, o que foi parcialmente compensado pelos custos e despesas também da retomada das atividades.

Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada atingiu 21,6% no período, baixa de 1,4 p.p. frente a margem registrada em 4T20.

A receita líquida somou R$ 390,9 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 18,6% na comparação com igual etapa de 2020.

O lucro bruto caixa ajustado totalizou R$ 262,3 milhões no 4T21, um crescimento de 19,8% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

A margem bruta caixa ajustada atingiu 67,1% no último trimestre de 2021, alta de 0,6 p.p. na comparação anual.

A geração de caixa operacional líquida passou de R$ 142,7 milhões no 4T20 para R$ 13,3 milhões no 4T21.

A Ser explica que a “queda ocorreu em virtude principalmente do efeito caixa líquido de R$ 115,6 milhões no 4T20, referentes ao Pagamento Rescisório do Go Shop da transação com a Laureate e do atraso do pagamento do FIES de novembro, no valor de R$ 15,0 milhões, que seria recebido em dezembro de 2021 e foi efetivamente pago em janeiro de 2022, o que faria com que a geração operacional de caixa atingisse R$ 28,0 milhões no 4T21, em linha com o 4T21, excluindo o efeito do GoShop”.

No ano de 2021, a Ser Educacional investiu R$ 71,9 milhões, tendo o investimentos em reformas de campi e equipamentos, laboratórios e bibliotecas atingido R$ 53,3 milhões, explicado basicamente pela retomada de atividades na comparação com 2020. Os investimentos em licenças e convênios ficaram em R$ 16,1 milhões.

A dívida líquida da Ser Educacional ficou em R$ 384,5 milhões no final de dezembro de 2021, contra caixa líquido de R$ 28 milhões do mesmo período de 2020.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 1,21 vez em dezembro/21, elevação de 1,30 vez em relação ao mesmo período de 2020.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe