Varejo

Sequoia (SEQL3), Dotz (DOTZ3) e PanVel (PNVL3) apresentam crescimento de vendas na Black Friday

A despeito da inflação e dos juros mais altos, companhias conseguiram vender mais durante a Black Friday 2021

Por  Vitor Azevedo -

As companhias de varejo e de tecnologia (com ligação ao e-commerce) listadas na B3 continuam a divulgar seus números da Black Friday que, aparentemente, foi majoritariamente positiva: as três empresas que informam seus dados do evento na manhã desta segunda-feira (6) registraram altas consideráveis em seus números.

O principal destaque fica para a Dotz (DOTZ3). A companhia de pontos de fidelidade viu seu volume bruto de mercadorias (GMV, na sigla em inglês) avançar 87% na comparação com o mesmo período do ano passado. O take rate, aquilo que a empresa ganha com cada transação, também avançou, com alta de 20%.

“Nossas campanhas envolveram ações com quase a totalidade da nossa base de parceiros na plataforma de marketing afiliado (GDO –Ganhe Dotz Online) que conta com mais de 200 varejistas de e-commerce”, explicou a companhia em seu comunicado ao mercado.

A Sequoia Logística não fica muito atrás quando o assunto é crescimento na base anual: a companhia de logística viu seu volume de entregas avançar 81% na base anual, sendo 75% de crescimento orgânico.

O crescimento da receita bruta no período do evento, do dia 26 de novembro a dois de dezembro, foi de 57%.  “A entrega deste resultado expressivo e acima da média do mercado é resultado do modelo de negócios inovador da companhia, aliando investimentos perenes em tecnologia com soluções que atendem desde pequenos vendedores até os maiores market places e redes varejistas do país”, diz a Sequoia.

Já a Dimed (PNVL3), que atua no ramo de distribuição de remédios e também no de farmácias com a PanVel, registrou em sua Black Friday uma alta de 12% das vendas na base anual na comparação. Destaque, segundo a companhia, para os canais digitais, que registraram crescimento de 17,4%.

Na última semana, diversas companhias já haviam divulgado seus dados durante o evento. A Méliuz (CASH3), por exemplo, foi um dos destaques, com seu GMV crescendo 87% na base anual – o que fez as ações da companhia dispararem mais de 30%.

Compartilhe