Bolsa

Sem solução para abismo fiscal, índice de ADRs brasileiros abre em queda

Movimentação do índice pode sinalizar desempenho do Ibovespa na próxima sessão; ADRs da Cemig despencam mais de 10%

arrow_forwardMais sobre

*Atualizado às 13h51 (horário de Brasília)

SÃO PAULO – O Dow Jones Brazil Titans, índice de ADRs (American Depositary Receipts) negociados na Nyse (New York Stock Exchange), inicia sessão em queda de 0,80% às 13h51 (horário de Brasília), aos 28.567 pontos, nesta segunda-feira (24) – último pregão antes da pausa do Natal. 

O mercado ainda se mostra apreensivo com a questão do abismo fiscal dos Estados Unidos. Alguns congressistas norte-americanos expressaram no último domingo (23) a preocupação que o país se depare com o “fiscal cliff” em pouco mais de uma semana, o que provocará severos cortes de gastos e aumentos de impostos, num total de US$ 665 bilhões. 

Cemig chama atenção
Entre os destaques corporativos, os ADRs (American Depositary Receipts) da Cemig (CMIG4) vão chamando a atenção no início do pregão ao despencarem 10,57% para US$ 11,51.

O movimento diverge do desempenho dos ativos visto na sessão de última sexta-feira na bolsa brasileira, quando registraram forte alta impulsionados pela aprovação do pagamento de proventos no valor de R$ 3,3 bilhões.  

Além disso, a estatal havia informado que suspendeu investimentos na hidroelétrica São Simão por 120 dias. Segundo a empresa, a suspensão decorre das incertezas com a medida provisória 579, que trata da renovação antecipada e condicionada de concessões do setor elétrico que venceriam entre 2015 e 2017.

Bolsas dos EUA operam no negativo
De volta ao cenário norte-americano, os principais índices acionários dos EUA também iniciaram as negociações no negativo, em dia de volume reduzido nas bolsas. Vale lembrar que as bolsas dos EUA encerrarão mais cedo nesta sessão, às 14h (horário de Brasília), e estarão fechadas na próxima terça-feira (25).

O Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, opera em queda de 0,31%, chegando aos 13.149 pontos. O Nasdaq Composite, que concentra as ações de tecnologia, cai 0,26%, aos 3.013 pontos. Já o S&P 500, que engloba as 500 principais empresas dos EUA, negocia com baixa de 0,27%, aos 1.426 pontos. 

Focus é destaque na agenda
Além disso, os investidores acompanham por aqui agenda pouco movimentada, com destaque para a única divulgação do dia – o relatório Focus, publicado pelo Banco Central. O mercado diminui o otimismo para a economia brasileira no próximo ano, e indica uma expansão menor do que na semana anterior, agora de 3,3%. 

PUBLICIDADE