Perfil

Schvartsman: de salvador da Vale a acusações de homicídio

Ironicamente, Schvartsman iniciou seu papel de CEO da Vale com a promessa de nunca permitir a repetição do desastre de 2015 em Mariana

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

(Bloomberg) — Fabio Schvartsman deveria ser a nova cara que ajudaria a Vale, a maior produtora de minério de ferro do mundo, a seguir em frente depois do rompimento da barragem em Mariana, em 2015. No entanto, o executivo de 65 anos agora enfrenta acusações de homicídio após o desastre ocorrido em Brumadinho, em janeiro de 2019.

Embora conhecesse pouco sobre mineração e metais, sob seu comando o preço das ações da Klabin, maior produtora de papel do Brasil, mais do que dobrou. Schvartsman conseguiu financiamento para lançar projetos de baixo custo e ganhou reputação por eficiência de custos. Ele assumiu a presidência da Vale em maio de 2017, quando o maior novo projeto do setor também entrou em operação, aumentando a produção e o lucro.

Agora, dois anos e meio depois, Schvartsman – que deixou o cargo de presidente em março – foi indiciado com 270 acusações de homicídio como resultado do rompimento de uma segunda barragem. O executivo é acusado de saber com antecedência questões sobre segurança da barragem de rejeitos de Brumadinho e ajudar a omiti-las antes da tragédia que causou mais vítimas fatais no Brasil.

Aprenda a investir na bolsa

Ironicamente, Schvartsman iniciou seu papel de CEO da Vale com a promessa de nunca permitir a repetição do desastre de 2015 em Mariana. Agora, aguarda a decisão de um juiz sobre as acusações do Ministério Público de Minas Gerais e a possibilidade de também ser acusado a nível federal.

Segundo o promotor Willian Coelho, Schvartsman atuou diretamente para criar incentivos corporativos, e não para evitar riscos, canalizando esforços com o objetivo de mascarar riscos e maximizar valor de mercado.

“Ele fez do lema dele, ‘Mariana Nunca Mais’, um lema panfletário, de papel”, disse Coelho.

Em comunicado, a Vale disse estar perplexa com as acusações de fraude e destacou que outros órgãos também investigam o caso, “sendo prematuro apontar assunção de risco consciente para provocar uma deliberada ruptura da barragem”.

‘Uma joia brasileira’

Schvartsman não estava disponível para comentários na terça-feira. Em audiência pública em 14 de fevereiro do ano passado, o executivo chamou a Vale de “uma joia brasileira que não pode ser condenada por um acidente que aconteceu em sua barragem, por maior que tenha sido a tragédia”.

Schvartsman era visto por muitos como um potencial salvador para uma empresa que enfrentou uma montanha-russa com o CEO anterior. Sob o comando de Murilo Ferreira, as ações da Vale se desvalorizaram cerca de 30%, puxadas pela queda dos preços das commodities em meio à desaceleração da demanda chinesa e à expansão da oferta. Ferreira, no entanto, ajudou a impulsionar a abertura de um complexo de mineração de US$ 14 bilhões em uma área onde a qualidade do minério é maior e os custos, menores.

PUBLICIDADE

As críticas ao desastre de Mariana em 2015, no entanto, abalaram sua gestão, e Ferreira acabou sendo substituído por Schvartsman. Por um período, foi uma combinação perfeita. As ações da Vale quase dobraram de preço entre a nomeação de Schvartsman para a presidência e o desastre da barragem.

De todos líderes empresariais brasileiros acusados nos últimos anos, Schvartsman se destaca pelas acusações de homicídio. Ferreira não foi incluído nas acusações criminais pelo rompimento da barragem de 2015. A corrupção e o uso de informações privilegiadas têm sido crimes mais comuns nos últimos anos.

Embora Schvartsman tenha sido acusado de homicídio, e a Vale de crimes ambientais, não está claro quando ou se o executivo será realmente colocado atrás das grades. O processo do rompimento da barragem em Mariana em 2015, que também incluiu acusações de homicídio contra alguns executivos da Vale, foi suspenso em 2017 depois que um juiz encontrou evidências de escutas ilegais por parte dos investigadores.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos