Santander (SANB11) aprova programa de recompra de até 36,9 milhões de units

Programa tem por objetivo maximizar a geração de valor para os acionistas por meio de uma administração eficiente de capital

Felipe Moreira

(Mario Hommes/DeFodi Images via Getty Images)

Publicidade

O Santander (SANB11) aprovou nesta terça-feira (2) novo programa de recompra de certificados de depósito de ações (units) ou de American Depositary Receipts (ADRs) de emissão da companhia, diretamente ou por sua agência em Cayman, para manutenção em tesouraria ou posterior alienação.

O programa abrangerá a aquisição de até 36.986.424 Units, representativas de 36.986.424 ações ordinárias e 36.986.424 ações preferenciais, ou de ADRs, correspondendo, em 30 de junho de 2022, a aproximadamente 1% da totalidade do seu capital social.

A recompra tem por objetivo “maximizar a geração de valor para os acionistas por meio de uma administração eficiente da estrutura de capital; e viabilizar o pagamento de administradores, empregados de nível gerencial e outros funcionários da companhia e de sociedades sob seu controle”.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

As Units deverão ser adquiridas, na B3, a preço de mercado, por meio da Santander Corretora de Câmbio e Valores Mobiliários S.A.

Já os ADRs deverão ser adquiridos na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE), a preço de mercado, através da Santander Investment Securities Inc.

O prazo do programa de recompra é de até 18 meses contados a partir de 3 de agosto de 2022, encerrando-se em 5 de fevereiro de 2024.

Continua depois da publicidade

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.