Santander (SANB11) aprova programa de recompra de até 36,2 milhões de units

Prazo da recompra é de 18 meses, contados a partir de 06 de fevereiro de 2024, encerrando-se em 06 de agosto de 2025

Felipe Moreira

(Shutterstock)

Publicidade

O Santander (SANB11) aprovou nesta segunda-feira (5) um novo programa de recompra de certificados de depósito de ações (Units) ou de American Depositary Receipts (ADRs) de emissão da companhia para manutenção em tesouraria ou posterior alienação.

A recompra abrangerá a aquisição de até 36.205.005 Units, representativas de 36.205.005 ações ordinárias e 36.205.005 ações preferenciais, ou de ADRs, correspondendo, em 31 de dezembro de 2023, a aproximadamente 1% da totalidade do capital social da Companhia.

Em 31 de dezembro de 2023, o banco possuía 27.192.697 ações ordinárias e 27.192.697 ações preferenciais em tesouraria.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

De acordo com o Santander, o programa tem por objetivo (1) maximizar a geração de valor para os acionistas por meio de uma administração eficiente da estrutura de capital; e (2) viabilizar o pagamento de administradores, empregados de nível gerencial e outros.

As units deverão ser adquiridas, na B3, a preço de mercado, por meio da Santander Corretora de Câmbio e Valores Mobiliários S.A.

Os ADRs deverão ser adquiridos na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE), a preço de mercado, através da Santander Investment Securities Inc., U.S.

Continua depois da publicidade

O prazo da recompra é de 18 meses, contados a partir de 06 de fevereiro de 2024, encerrando-se em 06 de agosto de 2025.