Inovação

Salvar arquivos na nuvem é mais seguro? Diretor do Google garante que sim

Fernando Teixeira, diretor de tecnologia do Google para a América Latina, explicou quais são as vantagens e porque é seguro

Por  Júlia Miozzo -

SÃO PAULO – A ideia de trocar um pen drive por um dispositivo na nuvem pode parecer assustadora para muitas pessoas. Não saber onde seu arquivo está armazenado, medo de não conseguir recuperá-lo, não saber quem tem acesso, etc, são alguns dos receios dos que preferem adotar o método antigo.

Entretanto, Fernando Teixeira, diretor de tecnologias do Google para América Latina, garante que a nuvem é muito segura. Ele garante que todos os arquivos do serviço de nuvem do Google são armazenados de maneira criptografada e que o Google só tem acesso à criptografia.

“Entregando um pen drive com um arquivo para outra pessoa, ela também passa a ser dona dele e pode fazer o que quiser. Através da nuvem, é possível restringir o acesso a download, a colocar outras pessoas em cópia, a impressão, e até impedir que essa pessoa edite o seu documento. De fato é mais seguro”, explicou. Algumas ferramentas do Google, como o app de Planilhas, Documentos e até o próprio Drive, permitem esse controle.

Mais vantagens
Teixeira também comentou sobre algumas das vantagens de utilizar a nuvem, mas com o propósito de fazer com que ela trabalhe para você: é o chamado machine learning; quanto mais se usa algumas dessas ferramentas de armazenamento na nuvem, mais ela passa a trabalhar a seu serviço, dando dicas, indicando, por exemplo, qual o melhor caminho a se fazer para o trabalho, etc.

“Isso está em todos os produtos do Google. Nós fazemos com que ele sempre solucione os problemas do usuário, não o contrário”, explicou. É o caso do Google Now, Google Inbox e outros recursos que a empresa oferece.

Compartilhe