Retomada?

Rússia diz que sua delegação está pronta para novas conversações com Ucrânia

Mas não está claro se os negociadores ucranianos irão comparecer, afirmou o Kremlin.

Por  Reuters -

MOSCOU (Reuters) – Os enviados russos estão prontos para realizar uma segunda rodada de conversações com a Ucrânia nesta quarta-feira, mas não está claro se os negociadores ucranianos irão comparecer, afirmou o Kremlin.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que havia informações contraditórias sobre as conversações, que se seguiriam a uma reunião realizada na fronteira de Belarus na segunda-feira que não conseguiu produzir qualquer avanço.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, disse na terça-feira que a Rússia deve parar de bombardear as cidades ucranianas antes que mais conversações possam ocorrer sobre a invasão russa de seu país.

Leia também:

“Primeiro podemos tentar prever se os negociadores ucranianos irão ou não aparecer. Esperemos que isso aconteça”. Nossos (negociadores) estarão lá e prontos”, disse Peskov a repórteres.

Ele disse que Moscou precisava formular uma resposta dura e clara às medidas impostas pelos países ocidentais para minar a economia russa.

Perguntado se o projeto do gasoduto Nord Stream 2, liderado pela russa Gazprom, estava morto, Peskov disse que a infraestrutura ainda está lá e que o senso comum era para que fosse lançado.

A Alemanha disse que vai suspender a certificação do gasoduto que vai da Rússia à Alemanha, mas que ainda não foi inaugurado.

Peskov disse que a economia da Rússia estava sofrendo um sério golpe, mas que era sólida e que o país tinha experiência em atravessar crises.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe