febre aftosa

Rondônia começa vacinação contra febre aftosa nesta sexta-feira

Em maio, a vacinação será obrigatória na maioria dos estados e no Distrito Federal

Por  Rodolfo Mondoni

SÃO PAULO – A primeira etapa da vacinação contra a febre aftosa, em Rondônia, começa nesta sexta-feira (15). A imunização é obrigatória para os animais com idade até 24 meses e se estenderá até 15 de maio.

Em Roraima, a campanha começou no dia 1º de abril e todo o rebanho deve ser vacinado até o fim do mês. Segundo a Coordenação de Febre Aftosa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a previsão é que os dois estados vacinem juntos, cerca de 6,3 milhões de bovinos e bubalinos.

A Coordenação-Geral de Programas Sanitários lembra os produtores são responsáveis pela imunização do próprio rebanho. Depois de vacinar os animais, eles devem fazer uma declaração, com informações sobre a faixa etária dos animais imunizados, e entregar o documento nas unidades locais de atenção veterinária do estado.

Em março, a campanha contra a febre aftosa começou no Amazonas e no Pará. Juntos, os dois estados têm 22,17 milhões de cabeças (1,28 milhão o Amazonas e 20,88 o Pará), o que representa pouco mais de 10% do rebanho brasileiro, de cerca de 214 milhões de animais.

Em maio, a vacinação será obrigatória na maioria dos estados e no Distrito Federal. Quando Roraima, Amazonas e Amapá erradicarem a doença, o Brasil poderá pleitear junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) o status de país 100% livre de febre aftosa.

(Com informações do Mapa)

Compartilhe