Risco-Brasil mantém tendência das últimas duas sessões e cai 5 pontos-base

Global 40 opera em alta; preço dos Treasuries não tem tendência definida, ao passo que bolsas dos EUA sobem

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Global 40, principal título da dívida externa brasileira, opera em alta nesta terça-feira (19) e é cotado a 131,10 centavos de dólar. O risco-País, por sua vez, segue a tendência de queda apresentada nas duas últimas sessões. O preço dos Treasuries não tem tendência definida.

Na próxima sessão, o Federal Reserve deverá adquirir títulos da dívida norte-americana com maturação entre sete e dez anos. Na última segunda-feira, o órgão adquiriu US$ 3,2 trilhões em Treasuries.

Em Wall Street, os principais índices de ações operam em leve alta, se recuperando da abertura em desvalorização. A sessão é marcada pela divulgação de indicadores piores que os esperados por analistas no setor imobiliário, como o Building Permits e o Housing Starts.

Aprenda a investir na bolsa

Vale lembrar que a diferença entre os títulos da dívida externa norte-americana e os da brasileira resulta no risco-País, que cai e opera nos 315 pontos-base. Além disso, na véspera, o secretário adjunto do Tesouro, Paulo Valle afirmou que o Brasil deverá emitir títulos no exterior.

Global 40 sobe

O principal título da dívida externa brasileira, o Global 40, opera em alta de 0,22% na tarde desta terça-feira, cotado a 131,10 centavos de dólar.
Refletindo o desempenho dos principais títulos da dívida externa brasileira, o indicador de risco-Brasil calculado pelo conglomerado norte-americano JP Morgan opera a 315 pontos-base.
Confira abaixo as cotações dos principais ativos da dívida externa brasileira:

AtivoÚltimoFech. AnteriorVar %
Global 40131,10 130,80+0,22