direitos do consumidor

Rio Surreal: ação nas redes sociais denuncia preços abusivos na cidade

A campanha colaborativa protesta preços abusivos praticados na cidade, enviados pelos próprios consumidores

SÃO PAULO – Para criticar e combater preços abusivos na cidade do Rio de Janeiro, um movimento chamado “Somos Um Rio Surreal” está ganhando força nas redes sociais.

A campanha colaborativa protesta preços abusivos praticados na cidade, enviados pelos próprios consumidores. No perfil do Facebook ou no Twitter, é possível encontrar alguns exemplos dos preços surreais, como um lanche natural de atum por R$ 17, uma água de coco por R$ 5, almofadas por R$ 294 e um saco de gelo de 4 kg por R$ 20.

“Os preços no Rio já passaram da realidade. Aqui a gente denuncia e você fica sabendo onde estão pagando caro!”, diz o slogan do movimento, que já constrói o próprio site. Nas redes sociais, ele virou uma verdadeira febre. O perfil no Facebook, por exemplo, foi criado na última sexta-feira (17) e já tem quase 18.000 fãs. Veja abaixo alguns abusos registrados pelos consumidores:

Rio surreal 2

rio surreal 3

rio surreal 4

Rio surreal

Rio surreal 6