Conferência internacional

Rio de Janeiro sediará primeiro evento tecnológico Web Summit fora da Europa

Iniciativa se alinha com planos recentes do Rio de aceitar criptomoedas para pagar IPTU

Por  Paulo Alves -

O Rio de Janeiro será a sede da primeira edição do evento tecnológico Web Summit a ser realizado fora da Europa. Realizada anualmente em Lisboa, a conferência que costuma receber executivos que vão de Apple e Meta à Sequoia chegará à capital carioca entre os dias 1º e 4 de maio de 2023.

Apesar de ocorrer no Brasil, o evento terá caráter global, e com a promessa de trazer conferencistas que virão pela primeira vez para o país no ano que vem. O evento acontecerá em parte no pavilhão do RioCentro, na Barra da Tijuca, e terá programação espalhada pela cidade.

“Olhamos para vários países no mundo, depois afunilamos para o Brasil e nos apaixonamos pelo Rio”, afirmou Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit, em coletiva realizada nesta terça-feira (3).

Para o Rio de Janeiro, sediar o evento representa a consolidação da cidade como candidata a se tornar o principal hub de inovação da América Latina. Segundo o prefeito Eduardo Paes, o Web Summit tem ligação direta com o sucesso de Lisboa em ter se tornado um hub de tecnologia na Europa nos últimos anos, algo no qual o Rio de espelha.

“Esse hub de tecnologia tem a ver com trazer os jovens para a era tecnológica, para qualificar jovens, criar novos empregos, novas oportunidades”, afirmou Paes, citando inciativas como o Porto Maravalley, que une startups com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA).

O evento também se alinha com os planos recentes da Prefeitura de aceitar Bitcoin (BTC) e outros criptoativos para pagar o IPTU, entre outras maneiras de adotar cripto na cidade.

“Cripto é inovação, tem tudo a ver com o Web Summit. Nós vamos aceitar o pagamento de impostos com cripto, fazer alguns investimentos em cripto também. Tem total conexão, é a nova economia”, apontou o prefeito Eduardo Paes.

O Web Summit Rio terá patrocínio do Senac, de modo que a administração municipal não precisará investir nada para sua realização. A expectativa é que a conferência gere um impacto calculado em mais de R$ 1 bilhão para a cidade, disse o prefeito.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe